Governo pagou mais de R$ 3,4 bi a empresas de militares desde 2014

Imagem:   Laad Expo 2023, feira de equipamentos militares

Empresas de militares receberam R$ 308 mi do governo em 2022
Levantamento mostra pagamentos a 283 companhias de militares da ativa e da reserva em seu quadro societário

Tiago Mali, Israel Medeiros
Levantamento do Poder360 mostra que 283 companhias com militares da ativa ou da reserva em seu quadro societário receberam R$ 308 milhões em pagamentos da União em 2022.

De janeiro de 2014 a maio deste ano, foram R$ 3,4 bilhões, em valores corrigidos pela inflação. A soma anual tem caído, acompanhando a queda do total de outros pagamentos do governo federal.

Empresas de militares


5 respostas

  1. Sinceramente, eu desconfio muito de falcatruas nessas relações, mas essa reportagam está muito mal feita. Não ficou claro se os militares envolvidos são cotistas, ou trabalham na empresa.
    Sim, existem militares dentro da empresa fornecedoras para fazer a fiscalização do material fornecido, mas isso não é trabalhar para a empresa.
    O que eu sei é que os militares da ativa que trabalham escondidos em empresas sabem que estão errados e já vi vários flagrados que foram punidos.
    Enfim, essa reportagem tem uma ótima temática, mas não foi bem feita.

  2. E por isso que empresas contratam militares de alta patente na inatividade, não é por competência do contratado e sim pela influência que ele pode ter nas áreas exploradas. Por exemplo, cito as áreas portuárias e atividades ligadas aos portos, praticagem por exemplo, cheias de oficiais da armada. Quando as empresas não são Propriamente deles, como sócios as vezes oculto, tem nos seus quadros oficiais. Vergonha total.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo