Sargento do Exército é destaque em curso nos EUA

sargento destaque em curso de espanhol

Bagé (RS) – O 2º Sgt Diego Lopes, do 3° RC Mec, foi designado pelo Exército Brasileiro para frequentar o Curso de Aperfeiçoamento de Sargentos/Espanhol – NCO Professional Development Course/Spanish (Atv PCENA V23/034). O curso foi realizado no Western Hemisphere Institute for Security Cooperation (WHINSEC), Fort Benning, Georgia, nos Estados Unidos da América, no período de 22 de março até 18 de maio de 2023.

Após a conclusão do curso, composto por 17 Sargentos de 8 países, o sargento Diego Lopes conquistou a 1° colocação geral , além de ter sido agraciado como graduado de honra e destaque no quesito aptidão física.

3º R C Mec (Facebook)

12 respostas

  1. Parabéns ao Sgt Diego Lopes. O nosso exército brasileiro deveria valorizar mais os nossos militares, infelizmente são mal remunerados. Com a volta deste governo então!

    1. Não somos mal remunerados nao.
      Olha o salario de um sargento dos eua, compare com a economia (salario minimo, salarios da iniciativa privada naquele país), e veja que ganhamos mais que um americano, com a diferença que eles vão lutar guerras em outros países e até morrem, todos eles. Aqui guerra é a formatura.

      É um concurso de ensino médio, atribuições de ensino médio. 87% do orçamento da defesa é para pagar inativos e pensionistas que se aposentaram aos 47 anos, viverão até 85 e deixarão suas filhas recebendo. O orçamento da Defesa é maior que o da Saúde.

      Ganhamos mal? Pra fazer ordem unida?
      Estamos bem demais, essa é a verdade.

      1. O Direito a filha receber pensao Alimentícia cessou em 2010. Nos eua nao tem a carga tributaria do brasil, A parte de saude funciona, e outros mais, Dinheiro Sobra

        1. Então, não cessou não.
          Tem filha que nem nasceu e tem já o direito garantido.
          Tem gente que estana ativa, praça de 2000 (23 anos de serviço), que manteve.

          Então esse direito só vai cessar quando os cofres públicos pararem de ser depredados, já que não é 1,5% do soldo que banca uma pensão vitalícia por 50 anos.

          Amar a verdade é um valor ético nosso. Não devemos propagar fake news ou nos enganar.

          E sobre a saúde nos EUA, ela é totalmente privada. Não há sus. Sobre a carga tributária brasileira, não poderia ser diferente, é muita boca pra alimentar

  2. Eua continuam com seu programa de Conquistar mentes e corações, ensinando e Doutrinando militares latino americanos a amarem o “excepcionalistão”. Antes tínhamos a “escola das américas”, com essa mesma finalidade, mas somente para oficiais (todos os ditadores das republiquetas latino americanas passaram por lá). Agora vemos também que aperfeiçoaram e estenderam a Doutrinação de amor aos eua para o elo de ligação entre o comando e a tropa….os suboficiais e sargentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo