Oposição pede a prisão do general por flagrante de omissão

prisão - preso

Parlamentares exigem tratamento isonômico aos demais processados ​

Cláudio Humberto
Um grupo de 30 parlamentares de oposição do Congresso Nacional apresentou à Procuradoria-Geral da República (PGR) pedido de investigação contra o general da reserva Gonçalves Dias, o “general do Lula”, que até essa quarta-feira (19) foi ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI).
O general G. Dias, como o chamam Lula e os petistas, é considerado homem de confiança do presidente, e foi flagrado facilitando a atuação de invasores do Palácio do Planalto no dia 8 de janeiro.
Os parlamentares exigiram tratamento isonômico aos demais processados ​​pelos fatos, pedindo que seja apreendido o passaporte do ex-ministro e decretada a prisão preventiva dele.
“O general Gonçalves Dias foi convocado pela Comissão de Segurança Pública da Câmara dos Deputados para prestar esclarecimentos, mas, decidiu não comparecer, apresentando um atestado médico, justamente no dia em que foram divulgados pela CNN as imagens dos atos criminosos onde o mesmo aparece facilitando a vida dos supostos invasores. Logo em seguida, Dias pediu demissão do cargo, numa atitude, no mínimo, suspeita”, declarou o deputado deputado Delegado Fabio Costa (PP-AL).
Na tribuna da Câmara, Fabio Costa reforçou a necessidade de se investigar com minúcias o ataque em Brasília, pela CPMI [Comissão Parlamentar Mista de Inquérito], que, por manobras do governo Lula, ainda não foi instalado no Congresso. E defendeu a responsabilização de todos os envolvidos.
Ele ainda lembrou que o mesmo tratamento de omissão, justificado pelo Supremo Tribunal Federal (STF), para punir outras autoridades públicas por envolvimento nessas invasões devem ser consideradas e aplicadas ao ex-ministro do GSI.
DIÁRIO DO PODER/montedo.com

5 respostas

  1. Olha! Querem redescobrir a pólvora citada pelo seu ídolo. Pedir prisão “histriônica”, kkkkk!!!!! Esses políticos não têm mesmo nada o que fazer mesmo. Já existe uma investigação em curso, o ex-GSI já foi ouvido na sexta e foi depor de forma Espontânea e não está mais no Cargo. Portanto, não subsiste requisitos para prisão processual nem no curso da ação que segue no STF e nem nesse pedido fake. Trata-se de nítida ação para alimentar a rede com conteúdo estragada e tentar jogar a culpa no governo por seus próprios atos no dia 08/01/23.

    1. A prisão preventiva cabe pois ele pode “fugir” do país, assim como os outros. Mas isso é pouco pano para manga.

      O que mais me choca é assistir a oposição (supostamente de direita) querendo caçar o general esquecendo que na mesma “direita” tem senados e deputados também militares e até generais. Lula é o mestre da política, deveria ser professor emérito da ECEME ou da ESG, está fazendo o a classe política se virar contra os militares.

      1. Para que serve a primeira medida de reter o passaporte? Mas claro vai falar que pode fugir para os países do Mercosul, etc. Então, por que não se utiliza a prisão pré processual para manter Todo Mundo que responde a ações processuais atrás das grades? As medidas cautelares estão aí para isso, o resto são ilações.

  2. Acho que os Bolsonaristas vão chorar assim que começar a CPI. Sabem porque? Vou dar algumas pistas. Anderson Torres. Celular aprendidos com as conversas com quebra de sigilo e lógico tudo dentro da lei e não como o Moro fez. Jair Messias Bolsonaro e Anderson Torres juntos nos estados unidos dia 8 de janeiro. Telefone esquecido nos EUA, achando que a tecnologia não iam conseguir recuperar as conversas. E por fim os financiadores e tudo registrado nas conversas dos grupos e pior muitos Deputados e alguns Senadores financiadores.Que q CPI saia Logo, que a oposição tanto quer. Vou deixar cada um agora pensar o que achar melhor. As portas do palácio podia estar até abertas o que não tá o direito de invadir os poderes e quebrar tudo e dizer que a minoria é a maioria. Quem conhece a legislação pode fazer manifestação na frente dos quartéis??

  3. Kkkkkkkk, eu vivi 30 anos de força aérea pra ver um general ser preso, meu amigo, pode Apostar, vai cair tudo nas costas desse capitão que estava Aí oferecendo água pros “Antidemocráticos”.
    Vai ser aberto a CPI, vão incriminar todos os Bolsonarista possíveis, Lula não sofrerá impeachment, Dino não será preso, mas Bolsonaro com todas a certeza desse mundo, muitos militares serão condenados e expulsos de sua força…
    Esse será o resultado final da CPI

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo