Colisão entre dois helicópteros militares dos EUA deixa nove mortos

Colisão causou nove mortes - Brandon Smith/WSMV-TV via AP

Exército americano está investigando as circunstâncias do acidente; aeronaves estavam em uma missão de treinamento

Nove militares dos Estados Unidos morreram na noite de quarta-feira, 29, após dois helicópteros HH-60 Black Hawk do Exército americano, usados para apoio de operações especiais, colidirem e caírem no Kentucky durante uma missão de treinamento.

Os helicópteros, da 101ª Divisão Aerotransportada caíram por volta das 22h (23h no horário de Brasília) no condado de Trigg, Kentucky, ao noroeste de Fort Campbell, informou o exército em um comunicado. “Podemos confirmar que duas aeronaves da 101ª se envolveram em um acidente com um balanço de várias vítimas ontem à noite”, tuitou a Divisão Aerotransportada. “Os tripulantes voavam em dois helicópteros HH60 Blackhawk durante uma missão de treinamento de rotina quando ocorreu o incidente”, diz o texto.

O governador do Kentucky, Andy Beshear, já havia afirmado que temia por vítimas fatais. Ele declarou que a polícia local e os serviços de emergência já estão na área do acidente e instou os moradores a “orar por todos os afetados”.

As circunstâncias do acidente ainda não foram informados pelo Exército americano. O Exército dos EUA tem uma coletiva de imprensa planejada para dar detalhes do acidente. Fort Campbell é a base da 101ª Divisão Aerotransportada, uma divisão de assalto aéreo também conhecida como Screaming Eagles, que ganhou fama durante a Segunda Guerra Mundial, embora também estivesse envolvida no Iraque e no Afeganistão.

*Com informações das agências internacionais

Jovem Pan/montedo.com

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo