Armas cadastradas pela PF superam o total das registradas no Exército

Imagem ilustrativa

Daniella Longuinho
O número de armas cadastradas pela Polícia Federal superou o total de armas registradas no sistema mantido pelo Exército. A informação é do ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino, que participou de uma audiência pública na Comissão de Constituição e Justiça e Cidadania da Câmara dos Deputados, nesta terça-feira (28).

O recadastramento de armas particulares começou em fevereiro e está previsto para encerrar dia 3 de abril, porém alguns parlamentares solicitaram a prorrogação desse prazo, medida que vai ser avaliada pelo ministro.

As armas de calibre permitido e restrito que não forem recadastradas estarão sujeitas à apreensão e envio à Polícia Federal para que seja aberta uma investigação.

Embora o ministro Flávio Dino não tenha detalhado os números dos registros de armas, um informe da Secretaria de Comunicação da Presidência da República mostra que, até o dia 27 de março, 790 mil armas foram recadastradas.

O número é superior às 762 mil armas de CACs, caçadores, atiradores e colecionadores, inseridas no Sistema de Gerenciamento Militar de Armas, do Exército.

Agência Brasil/montedo.com

3 respostas

  1. É isso que dá, nomear gente incompetente no governo. Nem o Numero correto de armas ele sabe. Qualquer despachante que registre armas sabe que este numero é maior, passa de um milhão de armas. Mal informado e fazendo fake. Ah Modo PT

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo