Exército concorda com decisão de Moraes sobre julgamento de militares

STF

Carla Araújo e Paulo Roberto Netto
Do UOL, em Brasília
A cúpula do Exército concorda com a decisão do ministro Alexandre de Moraes de manter na Justiça Civil a apuração de eventuais crimes cometidos por militares nos atos do dia 8 de janeiro.O comandante do Exército, general Tomás Paiva, já havia sinalizado a interlocutores do Tribunal o entendimento de que militares envolvidos em casos de vandalismo e invasão às sedes dos Três Poderes cometeram crimes civis e, por isso, devem responder como civis.

Apesar disso, há situações de crimes militares, como ofensas às autoridades militares que ferem a regulação interna, por isso, nestes casos, também haverá apuração na Justiça Militar.
A cúpula do Exército tem rechaçado a versão de alguns integrantes do governo de que há uma letargia maior nas apurações envolvendo militares.

Apesar de oficialmente o Exército afirmar que ainda nenhum militar da ativa está sendo investigado, o UOL apurou que as investigações já miram na participação de ao menos um militar da ativa envolvido nos atos.

UOL/montedo.com

28 respostas

    1. É uma verdadeira justiça que está sendo realizado neste país.
      Parabéns a Sr ministro do supremo tribunal federal, Alexandre de Moraes
      Que o senhor Deus Conceda a sua face para temor dos foras da lei.
      👏👏👏👏👏👏

      1. Para falar em justiça vamos voltar as condenações dos Petralhas. Que são criminoso condenados. e posteriormente descondenado….kkkk. Chupa petralhada.

  1. Os militares precisam entender mais sobre o Direito Penal e Processual Militar, em especial sobre o que é crime Militar e o Crime de militar, ambas figuras são diversas, enquanto a primeira atenta contra a administração Castrense a segunda atenta a qualquer outra fora da primeira. Não se pode deixar emoções guiarem a razão, pois já vimos o que dá com o 8 de janeiro de 2023.

  2. É a melhor decisão, o STM não irá contra a decisão do STF, não terá nenhum trabalho até a decisão final do STF.

    o STM somente trabalhará para decidir por ato administrativo sobre a perda do posto ou graduação, após as condenações (caso ocorra) imposto pelo STF.

    Pessoas comuns não podem ser manipuladas por políticos, que isso sirva de lição para todos.

  3. A única pessoa sensata aqui é o sr.
    É assim que funciona. E já era. Eu desencorajo a qualquer um que queira ser praça. Ser praça hoje é pedir esmola.

  4. Isso só mostra que o Comandante do Exército é um homem legalista por completo, visto que atua em perfeita sintonia com ministro Alexandre de Moraes, que é um dos bastões da legalidade. Legalidade essa que é o próprio oxigênio que se respira dentro do STF, cujos membros são escolhidos pela nata da legalidade política brasileira, nossos senadores. Não tenho mais nenhuma dúvida, em breve seremos a Finlândia dos trópicos.

  5. Alexandre de Maraes, é o cara…esse sim tem peito e autoridade nesse país, manda e desmanda a vontade e ninguém tem coragem para peitar ele… até o “poderoso” Bolsonaro não volta ao paíz com medo do careca…

  6. Nem isso vai salvar mais , pois vão se dar um tiro no pé, sabe porque? 46 Deputados envolvidos no golpe dia 8 de janeiro de 2023. Vai vir as provas na CPI e aí os deputados maioria aliados ao judas o ex presidente Jair Messias Bolsonaro o falso Messias vão fazer o que? Vão para o conselho de ética e que pode acontecer? Os caras queriam palanques vão ter mais o tiro pode ser dado no próprio pé. 1. a CPI vai ir contra o trabalho da polícia federal???? 2 vai querer confrontar o STF? 3. Vão querer anular todos as investigações em curso e depois dizer que os policiais não são confiáveis e não cumpram a sua obrigação. 4. Acho que em x de querer confundir e envolver o presidente da República vão acabar se Complicando+ aínda. O tempo é o senhor absoluto da razão.

  7. As vezes a falta de noção da realidade de algumas pessoas é de assustar, pois não conseguem enxergar coisas óbvias. Confesso que não sei se é por falta de caráter ou de honra ou de ambos juntos.
    É só imaginar que os atos de 08 de Janeiro de 2023, ocorridos em Brasília fosse realizado pela esquerda pedindo um golpe de estado. Hoje teríamos, as mesmas pessoas que choram pelos vândalos presos, bradando para acabar com os partidos de esquerda no Brasil, pedindo a prisão de líderes da esquerda e etc e tal.
    Não precisa ter lado para saber que o que vale para um vale para o outro. E para quem ainda não entendeu, os vândalos presos, foram presos em flagrante.
    Para finalizar é bom sempre lembrar: – comunismo e ditadura não deram certo em lugar nenhum no mundo. por quê a segunda opção daria certo aqui?

  8. “A cúpula do Exército concorda com a decisão do ministro Alexandre de Moraes de manter na Justiça Civil a apuração de eventuais crimes cometidos por militares nos atos do dia 8 de janeiro.” O EB precisa concordar com decisão da justiça? Lembremos da conversa entre Pazuello e o que se foi pro EUA: “Manda quem pode, obedece quem tem juízo”

    1. Nosso pessoal? Kkkkk
      Nosso exército é um exército republicano, nao tem pq o sistema não permitir a criação de Um sindicato(ou algo parecido) que vise representar nossa categoria nessas situações, vai um general lá que tá cagando pra gente, até parece que vai mudar algo.

  9. A essa altura e com esse medo o exército concorda com tudo… e não me espantaria se concordasse com coisas tipo: redução de vencimentos, “todoe”! militares no teto do INSS, abertura do sistema de saúde para civis, hospitais Militares atendendo o SUS, Colégios Militares atendendo a todos os públicos de alunos (publico militar seria minoria) extinção de valores pagos ao se transferir, fim do auxilio fardamento e outros tipos de maldades. Agora faz o L maiúsculo melancia.

  10. Cadeia ja para esses golpistas traidores de praças e pensionistas. Apoiador do genocida que reduziu salarios de milhares de praças para aumentar o dos oficiais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo