Impasse no governo é decidir se reajuste contempla ou não os militares

REAJUSTE

O Orçamento de 2023 já reserva R$ 11,6 bilhões para a ampliação da remuneração dos funcionários públicos ativos, inativos e pensionistas do Poder Executivo.

O maior impasse no momento é se esse reajuste vai contemplar ou não os militares, categoria que obteve maiores benefícios durante a gestão Bolsonaro.

A intenção do novo governo é aplicar um percentual linear para as categorias. No ano passado, membros da gestão Bolsonaro estimaram que o valor previsto no Orçamento seria suficiente para um aumento de 4,85% a partir de janeiro. Como o reajuste a ser negociado para este ano valerá por um número menor de meses, será possível ampliar esse percentual.

Se os militares forem incluídos, porém, a reposição será mais tímida para as demais categorias, dada a necessidade de manter o gasto já previsto no Orçamento.

Por isso, há uma discussão sobre a exclusão dos militares da negociação. Há, porém, um risco político envolvido nessa opção, uma vez que a relação da atual administração com as Forças Armadas já começou sob desgaste.

Em janeiro, Lula demitiu o então comandante do Exército, general Júlio Cesar de Arruda, em meio a uma crise de confiança aberta após os ataques do dia 8 de janeiro, em Brasília.

O cálculo de membros do atual governo é que os militares foram contemplados por aumentos e benesses na gestão anterior, enquanto os demais servidores ficaram com salários congelados.

Em 2019, o governo Bolsonaro propôs e obteve aprovação de uma lei que modificou as regras de aposentadoria e pensão dos militares, mas estipulou uma série de aumentos no soldo da categoria. A lei também ampliou os valores do adicional de habilitação (pago conforme a categoria de cursos feitos pelo militar), entre outras gratificações.

Enquanto isso, cerca de 1 milhão de servidores ativos, aposentados e pensionistas estão com a remuneração congelada desde 1º de janeiro de 2017, quando foi concedida a última parcela de aumento.

Com Estado de Minas

64 respostas

  1. E as outras categorias que ganharam muito mais benesses antes do governo bolsonaro? Foi bonus eficiencia pra uns, honorarios advocaticios para outros, sem falar que Ficaram Em Casa Quase Dois Anos Durante A Pandemia enquanto Os Milico Pegando Onibus Lotado Todo Dia, mas ah….os militares…. Não podem ganhar aumento igual… tem que estar sempre pior… esse e o pensamento senhores, os funcionarios publicos, em sua grande maioria, trabalham duas ou tres vezes na semana e so pensam naquilo (grana). E tem milico que ainda bate palma pra essa turma.

    1. Ainda tem mais… é fakenews que militares receberam aumento…a restruturação foi nas gratificações e mesmo assim de menos de 30% dos militares…70% não tiveram praticamente nada…o reajuste que falam que foi até 2019 foi a reposição de perdas até 2015 que foi de 30% divididos em 4 parcelas…ou seja a perda do soldo é de 2016 até hoje…. é mentira atrás de mentira desse atual Governo

      1. Parabéns, alguém falou dessa injustiça que ocorreu no governo passado quando somente as altas Patentes que tinham “Cursos” tiveram grandes Aumentos, porque SIM somente patentes altas, os que tinham “longo tempo de militar” para realizar muitos Cursos que obtiveram este benefício neste adicional. Foi tudo combinado com o governo para só os protegidos do governo receberem aumento.

  2. Primeiro Irão Atender Os Servidores Sem Reajustes desde 2017.
    São Milhares De Categorias Para Serem Atendidas.
    E mesmo que se sensibilizem com a Tropa, será uma mixaria de reajuste.
    Abaixo de 4%, parcelado em 4 vezes a contar de julho.

      1. Restruturação do mal essa, criaram reajuste de adicional habilitação para alguns, um pequeno adicional de disponibilidade, 8 soldos para quem vai para reserva aumento no desconto de pensão militar, que restruturação é essa? Tinha que criar uma regra para ter reajuste de soldo igual a de reajuste do salário mínimo

        1. Não é verdade que militares das Forças Armadas tiveram reajuste em 2019 foi reajustado salário de oficiais Sargento cabo e soldado não tiveram nada de reajuste o que aumentou foi o desconto no contracheque

      2. Então qnd chegar sua vez dos autos estudos seu bruto vai ser maior dos que fizeram agora?? É praça falando besteira…só queima os praças….

  3. Não tem pra onde fugir. A Lei 13.954 disponibilizou um grande aumento para alguns e hj para o governo e grande mídia, todos tiveram aumento. Aumento no soldo, sem chances, pois todos serão contemplados. Uma gratificação para os prejudicados e inconstitucional. O mito bagunçou tudo mesmo.

    1. Exatamente! Estava indo muito bem. Coerente, explicava a tragédia, traição e safadeza que virou essa tal reestruturação das carreiras militares mas acabou Cometendo um erro crasso quando se refere ao bandido foragido como “mito”. Mito de quê? Só se for mito do inferno. Cadeia para aquele desgraçado e toda aquela maldita quadrilha que destruíram a 6ª economia da terra. Malditos!

      1. Ele destruiu?
        Baixou o astronômico volume de desempregados que o PT implantou.
        Cortou o envio de recursos dos brasileiros para países ditatoriais. Levou água ao NE. Jamais bloqueou redes de comunicação nem a liberdade de imprensa e opinião. Sempre falou verdades. Cercou-se de assessores luminares e não de amiguinhos e vagabundos. Cortou verbas preciosas de vadios e vadias ” artistas”. Premiou os merecedores. Sobrou na economia mundial ante a pseudo pandemia. Atraiu grandes investimentos, gerando milhões de empregos. Cortou o imposto dos sanguessugas de sindicatos. Cortou impostos. Combateu a corrupção e o tráfico de drogas. Deu status às forças de segurança para que pudessem trabalhar, honrando o dinheiro do povo. E não é ladrão.

        1. Valério
          Espere para testemunhar os Escândalos de corrupções financeiro/Ideológico após quebras dos milhões de sigilos do governo de seu ‘mito’.
          Quando divulgarem o cartão de vacinação do ‘meçias’ com todas as doses em dia, espero que mudes de opinião.
          Lembro, cego e fanático bolsominion Valério:
          – milhares de tiozinhos e senhorinhas do Zap deixaram de se vacinarem por recomendação de seu líder religioso, o ‘meçias’.
          – milhares de seguidores da seita do falso profeta morreram porque não se vacinaram.
          Espere pra ver os milhões de Escândalos de corrupção com os Honestíssimos Pastores Evangélicos que viviam aos milhares fazendo Negócios Satânicos (R $$$) no Palácio do Alvorada, Assessorados pela religiosa anfitriã Michelle Bolsonaro.
          Quero ver se manterás está defesa efusiva pelo ex-presidente desajustado e praticante feroz das Rachadinhas e outras ‘cositas más’.
          Sgt QE/JURUNA Garcia, O CHQAO Do Zorro.

  4. Pessoal querendo ou não já foi feito um acordo com o ministro da defesa,da economia e do planejamento. Então não adianta dizer que o Pessoal militares todos receber Aumento, pois foi Desde da criação das forças armadas a pior lei para uns e a melhor para outros. Mas isso acabou com a paridade e duvidou a tropa. Ops tem coisa errada ? Como assim? Não era o PT que estava dividindo a tropa? Não o Bolsonaro conseguiu fazer isso. Fazem Arminha que passa. Sobre o acordo vão dar reajuste sim ou o pessoal vai ter problema na lei 13.954 e vai ter mudança. Então já falei não ficam cantando de 🐓 galo que tudo pode mudar. Coloquem as orelhas de molho. O tempo é o senhor absoluto da razão.

    1. Jaimex
      Espero que os Cmt’s Não fiquem de boca aberta?
      Não estão Nem Aí.
      Estão Com Os Burros Na Sombra (Adic AE Categorias ‘mil’).
      O Negócio Deles Agora É A Repetição Exaustiva Da Urgente Necessidade De Reaparelhamento.
      Para Nossa Premente, Improrrogável Urgência aquisições De Blindados, CC, Submarinos E Mais, Mais Caças De Milhões De Euros.
      Porque Os Comunistas Vêm Aí!
      Salários Defasados Da Tropa, A Gente Vê Depois.
      Por que, Prioridade, É A Segurança Nacional.
      Vocês Só Pensam No Bolso.

    2. Exatamente! Estava indo muito bem. Coerente, explicava a tragédia, traição e safadeza que virou essa tal reestruturação das carreiras militares mas acabou Cometendo um erro crasso quando se refere ao bandido foragido como “mito”. Mito de quê? Só se for mito do inferno. Cadeia para aquele desgraçado e toda aquela maldita quadrilha que destruíram a 6ª economia da terra. Malditos!

    1. Somente os Generais foram beneficiados, infelizmente, os Graduados da ativa, da Reserva e reformados, ficaram a ver navios a mais de 300 milhas, principalmente os da marinha e aeronáutica. Com a mP 1645/19, perdemos muito, da forma que o Relator Deputado Federal Vinicius de Carvalho, foi condecorado com medalha de mérito militar, para favorecer aos Generais da época da execução da MP acima supracitada. Foi o maior escândalo executado contra os militares Graduados das Forças Armadas.

  5. A luta pelas migalhas.
    Mas, os militares não possuem líderes comandantes que lutem por eles. E digam a verdade. Que somente os altos coturnos tiveram benesses do governo Bolsonaro. Praças/Reformados e pensionistas de Preças ficaram à míngua. Mas, agora começa a disputa pelo farelo que cai da mesa. E mais uma vez os praças são “ófãos” de líderes comandantes na essência da palavra. Talvez recebam um somente cale a boca literalmente de seus comandantes. Bolsonaro perdeu pq traiu os praças. Sua base de sustentação.

    1. “Bolsonaro perdeu pq traiu os praças. Sua base de sustentação.”

      Comentário equivocado. Bolsonaro foi colocado no poder pelos generais, através de uma articulação de antes de 2016 da derrubada golpista da presidente Dilma, sob toda orientação do Dep. Justiça dos Estados Unidos, que foi quem promoveu a criação da Lava-Jato, orientou o Sérgio Moro e destruiu todas as principais indústrias Brasileiras da época.
      Se houve Praça que simpatizou com o Bolsonaro, isso é culpa exclusiva da cabeça do praça, que se deixou levar pela propaganda difamatória da Rede Globo contra o PT.
      Base de Praça, essa é boa. Bolsonaro fez discurso eleitoral em plena formatura de cadetes dentro da AMAN, em 2016. Quem será que deixou?
      Se Praça confiou e votou em Bolsonaro, problema do Praça!

      1. Quer dizer que a operação lava jato foi nefasta? Maravilha!! O mensalão idem. O tapa na Petrobrás, foi uma farsa….
        O enriquecimento astronômico da famiglia Lula foi farsa. Que a terrorista foi, de fato, eleita honestamente. Que ela fez um governo maravilhoso.
        Aos QE, eu vi a criação do quadro e a proposta nasceu dentro de um Btl Bld, onde eu era S1. O Cmt, vendo o ambiente dos cabos antigos, a maioria motocarro, estabizados (umas das poucas que permitiam estabilidade, assim como Op Rd GpIV) me perguntou quais as expectativas do Cbs. Minha resposta foi: nenhuma. O Cmt, então, escreveu uma proposta de ascensão. Era rígida, com forte lado pelo merecimento. Portanto, se aprovada, poucos seriam elevados à 3o Sgt. Li toda a proposta. Fiquei entusiasmado.
        Saiu, e foi aprovada.
        Os quesitos eram muito rígidos por abrir espaço à pessoas Alçarem uma graduação sem curso e assumirem encargos inerentes de sargento. De certo ponto doutrinário, um risco.
        Tempos depois, por motivos que desconheço, algum general e não um graduado resolveu abrir uma verdadeira festa, quebrando a filosofia do merecimento. Bastava ter “x” anos de serviço e pronto. Promovido.
        Mais à frente, uma fada madrinha apontou a varinha mágica e alçou mais uma promoção: 2o sgt. Não entendi nada!! Um militar com curso de cabo sai segundo sargento. Então, para que servem as escolas de graduados, tão rígidas na formação do profissional? Fui instrutor numa delas em duas oportunidades e digo: a formação do Sgt é um inferno. Palavras do antigo Ch DEP, general gleuber vieira, em suas visitas à esSA. E era mesmo. Sempre considerei injusto aos formados promover alguém sem a habilitação devida.
        No primeiro quartil dos anos 80,o EB abriu as pernas para que todos os cabos antigos pudessem adentrar na escola. Gente casada com até dez filhos esteve nos bancos escolares. Só não foi quem não se interessou.
        A partir dali, buscou-se a extinção das estabilidades para Cbs e sd. De novo um general achou um jeito de, em gabinete em BSA, de tornar a estabilizar. E deu no que deu. Qq um era estabilizado, sem nenhum critério técnico. Na consequência, deu mais de dez anos e comportamento Bom saiu promovido.
        Graduados formados em escolas tem um vasto espectro de alçamento a maiores degraus, visto que têm visão prospectiva de profundidade. Sobem ao oficialato no quadro complementar, são professores dos colégios militares, quando qAO, mediante convite pelas qualidades pessoais. E há aqueles que fazem da carreira de sgt um trampolim para colocações em instituições públicas mediante concurso. Conheço delegados, auditores etc.
        Reclamar é fácil como se o universo fosse contra as existências dos graduados, principalmente dos QE. Estudem o passado longínquo. Vão até lá e vejam, na frieza das letras, se eram para estar na atual situação ou ainda cabos. Ou mesmo civis, sem estabilidades concedidas por um merdalalhado sem escrúpulos.
        As oportunidades nas FFAA existem para todo mundo. Só se agarram a elas quem tem esperteza. E olho vivo.
        O resto, reclama.

        1. “ As oportunidades nas FFAA existem para todo mundo. Só se agarram a elas quem tem esperteza. E olho vivo.”

          Exatamente.
          Não é trabalho e dedicação, é “esperteza e olho vivo”.

        2. Infelizmente tem militares como você, isto é puro recalque.
          Sou QE com muito orgulho, desempenhei funções que talvez você não tivesse o mínimo de capacidade de desempenhar. Fui mecânico,motorista, responsável pelos paios da unidade responsável pelo material de intendência no almoxarifado, onde tenho vários elogios de Generais pela organização Fui responsável pelas compras.
          Deixe este recalque de lado.
          Vamos comparar nossas alterações, você não pode nem tem capacidade para julgar uma classe inteira. Como QE vim para Brasília a convite para trabalhar na secretaria geral do exército pelo amor de deus ponha a mão na consciência e tenha a dignidade de se retratar, não me reconheço dentro do teu comentário

  6. Sabemos o que o Lula falou sobre aumento de salário dos militares lá atrás: pedem reajuste, eu dou uma migalha eles aceitam. Com a Lei 13.954 as migalhas ficaram só os graduados, os Generais ficaram Com a picanha.

  7. O Lula pode até dar migalhas, mas o pior de todos tempos foi o Bolsonaro que tirou dos ganham menos e enfiou até no próprio bolso como capitão da reserva. Então nesses requisitos é melhor receber uma migalha do que Sofrerem DECRÉSCIMO e 6 anos sem aumento e mais a INFLAÇÃO. Falam em 30%. Se quisesse fazer reparação. Tem gente já garantido na lei 13.954. também falam que
    se o governo ter Aumento só para os prejudicados seria ilegal? Mas tem um milhão de maneiras de Fazer, só fazer uma Emenda e criar uma % para o pessoal de formação de 12%. Que Ficaram prejudicado na lei 13.954. E nesse sentido inventaram Uma Gratificação. Aí não fica nada fora da lei. E tem outra o presidente da República pode fazer um decreto de lei . Então acham que o pessoal não sabem disso? O pessoal prejudicado está atendo a Tudo e sabem da traição do Bolsonaro na lei 13.954 essa traição o ex presidente Bolsonaro vai levar o restante da vida. E como é um jogo político e o Lula não gosta do Bolsonaro e quem falou que ele não vai dar um jeito Nisso? Só para bater no peito e dizer olha aí Bolsonaro como eu Ajudo os mais pobres e humildes que você jogou na Sarjeta. O tempo é o senhor absoluto da razão.

  8. A LEI Nº 13.954/2019, trata de Reestruturação Da Carreira Militar, portanto os militares das Forças Armadas possuem o direito da revisão geral da remuneração.

    ARE 799718

    Nesse sentido, confiram-se os seguintes precedentes:
    “AGRAVO REGIMENTAL NO RECURSO
    EXTRAORDINÁRIO COM AGRAVO. SERVIDORES
    PÚBLICOS MILITARES. REVISÃO GERAL. LEI 11.784/08.
    ANÁLISE DE LEGISLAÇÃO INFRACONSTITUCIONAL.

    OFENSA INDIRETA. INVIABILIDADE DO RECURSO
    EXTRAORDINÁRIO. REAJUSTES SETORIAIS.
    POSSIBILIDADE. PRECEDENTE. 1. O reajuste estatuído
    pela Lei 11.784/08, quando sub judice a controvérsia se
    revisão geral
    ou medida para promover a reestruturação da
    carreira, demanda a análise de norma infraconstitucional,
    o que inviabiliza a admissão do extraordinário.
    Precedente: ARE 650.566-AgR, Rel. Min. Joaquim Barbosa,
    Segunda Turma, DJe
    22/5/2012. 2. A concessão de reajustes setoriais com o
    propósito de corrigir distorções remuneratórias não
    acarreta violação constitucional. Precedente: ARE 672.424-
    AgR/RS, Rel. Min. Ricardo Lewandowski, Segunda
    Turma, DJe de 12/4/2012. 3. In casu, o acórdão recorrido
    assentou: A Lei nº 11.784/08 não trata da revisão gera anual prevista no inciso X do art. 37 da CF, mas da reestruturação da carreira dos militares das
    Forças Armadas, objetivando apenas corrigir distorções
    existentes no padrão remuneratório da carreira militar e em seus diferentes postos, razão pela qual não há, conforme referido, afronta ao alegado princípio da
    isonomia. 4. Agravo regimental DESPROVIDO”. (AREAgR
    672.416, Rel. Min. Luiz Fux, Primeira Turma, DJe
    10.9.2013)

    https://portal.stf.jus.br/processos/detalhe.asp?incidente=4539664

    LEI Nº 13.954, DE 16 DE DEZEMBRO DE 2019

    Altera a Lei nº 6.880, de 9 de dezembro de 1980 (Estatuto dos Militares), a Lei nº 3.765, de 4 de maio de 1960, a Lei nº 4.375, de 17 de agosto de 1964 (Lei do Serviço Militar), a Lei nº 5.821, de 10 de novembro de 1972, a Lei nº 12.705, de 8 de agosto de 2012, e o Decreto-Lei nº 667, de 2 de julho de 1969, para reestruturar a carreira militar e dispor sobre o Sistema de Proteção Social dos Militares; revoga dispositivos e anexos da Medida Provisória nº 2.215-10, de 31 de agosto de 2001, e da Lei nº 11.784, de 22 de setembro de 2008; e dá outras providências.
    Ver mais…
    Texto compilado

  9. Bolsonaro ferrou legal a tropa. Todo mundo acha q militares foram beneficiados no governo do capitão. E como se não bastasse, ainda espalham q houve reajuste no soldo para todos, quando na verdade, somente alguns foram agraciados com aumentos de adicionais.

  10. Seria um absurdo contemplar os militares com qualquer reajuste junto com o funcionalismo civil. Foi uma luta constante e demorada para que os militares fossem reconhecidos enquanto uma categoria à parte de servidores. O antigo texto Constitucional previa a revisão única de vencimentos, o que foi alterado e permitiu que se concedessem valores diferenciados aos militares. Foi nos governos anteriores do atual partido que ocorreram os últimos reajustes anuais de soldo e com valores maiores para os militares de menor grau hierárquico, basta pesquisar as tabelas anteriores. Querer um reajuste junto com os civis seria atirar no próprio pé e se existe esta inquietação quanto aos militares, melhor aguardar para um reajuste somente para a categoria.

  11. o último reajuste que tivemos no Soldo foi em 2016, parcelado até início de 2019.
    Não temos um reajuste de Soldo desde 2016.

    Para as mídias e pilantras da esquerda, os militares das FFAA são todos Ricos. MENTIROSOS E HIPÓCRITAS!

    Quem ganha um Salário de um Subtenente só em Auxílio de Moradia, de 8 mil Reais, não são militares, e sim, Deputado Federal.
    Quem ganha acima do teto, com benesses excluída da soma do valor recebido, autorizado o seu recebendo bem acima do teto, é o Judiciário, os Deuses, e não os militares.

    Militares:

    – Sem FGTS
    – Sem PIS/PASEP
    – Sem Hora Extra
    – Sem auxílio transporte
    – Sem Auxílio moradia
    – Paga pela assistência médica
    – Dedicação explusiva
    – De 60 a 80 horas horas de trabalho por semana.
    – Pegando ônibus, metrô e trem pra trabalhar
    – Com seus contracheques cheios de empréstimos, de forma a pagar as contas honestamente.

    obs.Mas, os honestos e trabalhadores não merecem reconhecimento e nem reajuste. Apenas merecem trabalhar, pagar impostos e contas e mais contas.

    REALMENTE OS MILITARES SÃO PRIVILEGIADOS , em relação AOS SERVIDORES PÚBLICOS, POLÍTICOS E JUDICIÁRIO.

    Enquanto isso em Brasília:

    – Deputado, Senadores, STF, Defensoria, Promotoria, AGU, Todo o Judiciário Já RECEBERAM REAJUSTE EM JAN/23.
    REALMENTE MERECIAM, ESTAVAM GANHANDO POUCO MESMO.

    SALÁRIO DEP. FEDERAL SERÁ DE 46 MIL
    Pra Trabalhar de 3a a 5a.

    – Auxílio moradia 8 mil
    – Auxílio gasolina
    – Auxílio pré-escolar
    – Plano de saúde e Odontológico TOP dos TOP pra eles e Família, tudo sem custos.
    – Ganhos muitos significantes em hora extra após o expediente, caso haja votação
    – Etc..etc..etc..

    BRASIL: PARA OS DEUSES: O DINHEIRO VENCEU… SEMPRE VENCERÁ…

    SENHORES: FAÇAM SEUS FILHOS COMEREM OS LIVROS E SER UM BOM PROFISSIONAL..E IR PARA OUTRO PAÍS.
    NOSSOS FILHOS NÃO ESTARÃO PREPARADO PARA ESSE BRASIL A FRENTE.

    O BRASIL ESTÁ A CAMINHO DE UM CAOS IMINENTE…

    A BATALHA NEM COMEÇOU…MAS, ESTOU PRONTO..COMO MUITO GUERREIRO DE HONRA.

    ADSUMUS!!

  12. Anônimo das 13h39
    Você, se realmente é militar, o que duvido muito, está na profissão errada.
    Sindicalização não é , definitivamente, a solução.
    Todas Milhares De Categorias do funcionalismo público federal possuem seus sindicatos.
    Nem por isso, trouxeram justas reposições das perdas salariais pela inflação há quase 6 anos.
    O problema é sua falta de vocação, Imediatismo, desespero, ansiedade exacerbada e Desiquilíbrio emocional Incompatíveis com a carreira d’Armas.
    Repito, ‘Uma Ode ao ódio às FA’, estás na profissão errada.
    O que não é uma Desonra, muito pelo contrário, muito comum.
    Felizmente, vc é apenas uma Ínfima parcela que pensa assim:
    – greve, sindicato, Afrontamento entre círculos militares.
    – ideias e sugestões mal-intencionadas em reuniões com os mais jovens na Instituição.
    – e outras Fáceis soluções imediatistas, as Inúteis mazelas de grupo.
    Toda hora tem concursos públicos federais, estaduais e municipais.
    De repente serás feliz noutro lugar.
    Por que aqui, Definitivamente, não.
    Esquenta não, acontece, muito comum a insatisfação profissional.
    Boa sorte!
    Sgt QE/JURUNA Garcia, O CHQAO Do Zorro.

    1. Sgte QE/Juruna

      Você escreve quase 40 linhas, e pouco se entende o que vc quer falar.
      Só consegui entender as poucas linhas no final.

      Respondendo:

      A- Vocação é diferente de Submissão e falta de sua valorização profissional e subserviência.
      Se vc se considera assim, sinto Muito!

      B- Qualquer pessoa tem suas reclamações e indagações em sua área profissional, independente do nível. Visto que, para evoluir os conhecimentos, as melhorias e valorização,precisamos De expor nossas opiniões, sugestões e solicitar melhorias.

      Ex. Muitos Juízes reclamando que ganham pouco.. e aumentam seus próprios salários..

      Ex. Deputados, Senadores políticos aumentam seus próprios salários.

      Esses merecem? Ao meu ver não. Ganham muito bem pelo que fazem, fora os benefícios.
      E , nem por isso eles abaixam o tom, e nem tão nem aí para a população.

      Sindicatos só serve pra comer dinheiro do trabalhador. .e ter cabide de emprego.

      Na vida, em todos os seguimentos, temos que buscar melhorias, em especial, na área profissional.

      Vc parece que aprendeu com seu Comte , seu Chefe; não quer , pedi pra sair.
      Mas, esquece, que isso, é uma DESONRA, imoralidade de um líder, omissão em enxergar seu problema e de seus comandados e subordinados.

      Se fosse assim, a cada dia no Brasil teríamos milhões de Desempregados, por não estarem insatisfeito com uma situação, um procedimento ou buscar uma melhor Remuneração.

      Eu, creio, que você ainda está nos tempos da escravidão e subserviência.

      Evolua a sua mente em prol de si mesmo, de quem está Em torno e de sua classe profissional.

      No Brasil não ganhamos pelo que fazemos, e sim, pelo o que somos.

      ” E nesse Somos” os Deuses de DESONRA são os beneficiados, mesmo sem merecimento, sem reconhecimento E sem dignidade de nem estar no cargo ocupado.

      ” Medalhas, Reconhecimento, bravura e honra não alimentam sua família, não dão um bom estudo ao seu filho, não põe comida na mesa”

      ADSUMUS!

  13. Se depender do PresidentO LulO os militares terão é aumento de descontos na remuneração.

    O “Parmito” transformou os militares em Párias aos olhos da classe política.

    P.S.: “um comandante não abandona a tropa”. Sei….fugiu dois dias antes do término do governo.

  14. Depois do 8 de janeiro, da conspiração constante, os milhares de mortos na pandemia com militara da ativa no comando do Ministério da Saúde, uma cria das FA na presidência, deveriam é devolver o salário que ganham.

    1. “…recebemos aumento de adicionais…” (FATO)
      Alguns tiveram até 5 mil reais de aumento, outros 4 mil, outros 3 mil …

      Enfim, seu salário aumentou. (PONTO)

  15. Uma coisa tem que ser esclarecida: militares não tiveram aumento de soldo com a Lei 13.954, aliás o soldo é o mesmo desde janeiro/2019. Com a Lei 13.954, alguns valores tiveram reajustes a partir de janeiro/2020. Os descontos nos vencimentos dos militares são calculados em cima do soldo, e esses descontos aumentaram junto com a Lei 13.954, que não aumentou o soldo dos militares, e os descontos aumentaram junto com os esses novos valores. Por favor, me corrijam se eu estiver errado.

  16. Essa porcaria de site continua dando tiros nos proprios pés. É puro fogo amigo. Publicaram em todos os sites 8 por cento a TODOS OS SERVIFORES FEDERAIS e esses caras aqui ficam falando m….como sempre falando em não contemplação da nossa categoria.

  17. Reportagem mal feita. “mas estipulou uma série de aumentos no soldo da categoria”, quando ocorreu isto? o último aumento dos soldos foi em 2016. A Lei 13.954/19 foi elaborada para satisfazer justamente os que agora estão no poder e espalhavam Fake News dizendo os militares eram privilegiados e que deveria ser colocar no sistema de previdência geral. A verdade é que os militares não fazem parte do sistema previdenciário e estão sob a proteção social do Estado para compensar o empenho da vida no cumprimento do dever, ninguém faz este juramente, exceto estes servidores. Condicionaram a votação da reforma da previdência a votação da lei 13.954 que não trouxe aumento, ela aumentou ou criou contribuição para pensão militar e reajustou/criou algumas gratificações pois os vencimentos estavam muito baixos. Hoje, estão muito baixos ainda , a título de comparação, um oficial formado pelo ITA ganha menos que agente da PRF ou PF, se falarmos em delegados da PF com um dia de serviço, talvez somente um general de brigada possa comparar a ele. o problema para o atual governo é que passaram quatro anos mentindo a seus eleitores e agora pega mal dar aumento para os militares e entrar em contradição

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo