Mudança do artigo 142 é desnecessária, diz Ives Gandra

Artigo 142

O PT está articulando a proposta de uma PEC para regulamentar o artigo 142 da Constituição. A ideia é delimitar o papel constitucional das Forças Armadas. O comentarista da CNN Ives Gandra Martins fala sobre a proposta.

10 respostas

  1. Invés Gandra, intérprete de ocasião. Esse é o único que defende que as Forças seriam um quarto poder – Moderador -, indo ao encontro dos demais constitucionalistas e até contra o Constituinte Originário, como o Sr. Michel Temer e outros. Ele é um ressentido por nunca ter sido indicado para o STF e até ter perdido nas indicações anteriores.

  2. Que constituição?
    Ainda acreditam Que Exista constituição no Brasil?

    Ainda Acreditam nas FFAA, no Legislativo, no Executivo, No Judiciário nesse Brasil?

    Atos escandalosos Antidemocráticos e a Esquerda nada fez e se Calou Conveniência e pilantragem, pois, eram a pólvora a mandar a acender as a bombas.

    Inúmeras Violações dos direitos humanos, da liberdade de expressão, do direito dos poderes, do abuso de poder, do improbidade administrativa e a desordem do Aparato jurídico rasgado.

    Agora vem falar em mudanças no 142…Tem fazer mudança no 171, nos pilantras lesa a pátria da nação, cambadas de hipócritas sem vergonha.

  3. Este artigo existe?
    o stf reconhece?
    Constituição existe?
    Deve ser cumprida?
    O que é a Lei?
    Para Clausewitz (1984, p. 75) “guerra é, portanto, um ato de força para obrigar o nosso inimigo a fazer a nossa vontade”. Por meio dessa frase, o pensador prussiano estabelece uma importante relação, explicando que a guerra, por não ser autônoma, é a extensão da política

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo