Brasileira soldado do exército americano é morta por namorado nos EUA

Anna Laura, de 22 anos, estava desaparecida desde o dia 27 de dezembro — Foto: Redes Sociais

FBI diz à PF que brasileira soldado do Exército americano foi morta pelo namorado
Namorado de Anna Laura teria omitido informações sobre o corpo da vítima na esperança de não ser condenado, conforme nota da PF.

A confirmação de que a jovem Anna Laura Costa, 22 anos, natural de Santarém (PA) e soldado do Exército americano, foi morta pelo namorado em Los Angeles, nos Estados Unidos, veio do FBI. O órgão americano, em contato com a Polícia Federal, informou que o namorado da jovem confessou o assassinato, “sem informar onde estava o corpo na esperança de não ser condenado”. Veja nota no fim da reportagem.
O caso se tornou público na segunda-feira (2), após a mãe de Anna Laura, a professora e turismóloga Erbena Costa, ser informada pela Polícia Federal que a filha única tinha sido morta pelo namorado, identificado como Luís Antônio Gomes Akay, também brasileiro.
Um pedido de tempo no relacionamento teria motivado o crime, segundo relato do assassino confesso à polícia de Los Angeles.
Familiares de Anna Laura e amigos dos pais dela começarem a se manifestar por meio de redes sociais pedindo justiça para o caso.
A jovem, que já estava nos Estados Unidos há 5 anos, era soldado do exército norte-americano, morava no estado da Virgínia e tinha viajado a Los Angeles para passar uns dias de férias com o namorado.
Ela fazia contato diário com a família. No entanto, desde o dia 27 de dezembro, os contatos cessaram, e a mãe não conseguiu mais falar com a filha.
No dia 30 de dezembro, Erbena Costa procurou a delegacia da Polícia Federal em Santarém para comunicar o desaparecimento da filha. Autoridades norte-americanas também foram informadas do caso, e a polícia de Los Angeles iniciou as investigações, com auxílio do FBI.
Não demorou para que o namorado da vítima caísse em contradição sobre a primeira versão apresentada – de que, após uma discussão, Anna Laura teria deixado o hotel levando apenas o celular e não teria retornado mais.
Segundo informações do FBI à Polícia Federal, Luís Antônio acabou confessando ter assassinado Anna Laura por não aceitar o fim do relacionamento. Ele está sob custódia da polícia de Los Angeles.

Nota da Polícia Federal
“A Polícia Federal foi informada pelo FBI, na segunda-feira, 02, sobre a morte de uma brasileira em Los Angeles, EUA. A mãe da vítima havia comparecido à Delegacia da PF em Santarém, na sexta-feira, 30, no intuito de informar sobre o desaparecimento da filha, já havia dois dias. O caso é investigado pela polícia de Los Angeles, com auxílio do FBI. A Polícia Federal presta apoio com informações, por meio de seu adido policial nos EUA.
alagoas24horas/montedo.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo