Escolha uma Página

Vice-presidente se posicionou sobre a produção que simula um atendado contra o presidente Bolsonaro durante uma motociata

Caio Barbieri
O vice-presidente da República, Hamilton Mourão (Republicanos), também repudiou, neste sábado (16/7), a divulgação, nas redes sociais, de bastidores da gravação de um vídeo com a encenação de um suposto assassinato do presidente Jair Bolsonaro (PL).
Não há informações sobre quem produziu a gravação ou em que contexto o material foi produzido. A TV Globo chegou a desmentir a autoria do vídeo após ter sido associada à representação.
“Repudio veemente qualquer ato que possa estimular a violência a quem quer que seja. Está circulando nas redes um ‘filme’ que demonstra o suposto assassinato do nosso presidente. Isso não é arte! Isso é um ato imoral à Nação e ao Governo Federal”, disse Mourão.

Veja a publicação:


Apuração
Pouco mais cedo, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres, afirmou ter determinado a apuração sobre o vídeo com a encenação do suposto atentado contra o presidente Jair Bolsonaro (PL).
“Circulam nas redes fotos e vídeos de um suposto atentado contra a vida do presidente Bolsonaro. Produção artística??? Estamos estudando o caso para avaliar medidas cabíveis e apurar eventuais responsabilidades. As imagens são chocantes e merecem ser apuradas com cuidado”, afirmou Torres.
JANELA [IN]DISCRETA(METRÓPOLES)/montedo.com

Skip to content