Escolha uma Página

Parceria estabelece viabilização das ações para construção da nova instituição e do Complexo Militar

Blog da Folha
O Governo de Pernambuco e o Comando Militar do Nordeste (CMNE) assinaram, nessa terça-feira (12), um acordo de cooperação que viabiliza a execução de ações necessárias para viabilizar e efetivar a construção da nova Escola de Formação e Graduação de Sargentos de Carreira do Exército e do Complexo Militar no Estado.
De acordo com o governo, o documento estabelece condições, metas e prazos para colaboração mútua entre União e Estado, com vigência de cinco anos e possibilidade de prorrogação.
O comandante do CMNE, general de Exército Richard Fernandez Nunes, ressaltou que cada passo dado representa a concretização de um sonho que está prestes a se realizar. “Esse acordo de cooperação era fundamental e só ratifica o protocolo que já havia sido assinado em março. Temos ainda, até o final do ano, algumas etapas a vencer de modo que o nosso calendário possa ser cumprido”, disse o general.
“Temos um calendário para cumprir, tanto em responsabilidade e ações por parte do Governo do Estado, como também do Exército Brasileiro, mas tudo dentro do cronograma que foi idealizado lá atrás. Teremos, em um futuro próximo, a escola implantada em Pernambuco, sendo uma importante contribuição para o desenvolvimento da nossa região”, destacou Paulo Câmara.
O Governo de Pernambuco se comprometeu a investir mais de R$ 320 milhões em obras de infraestrutura no entorno da área onde será instalada a Escola de Sargentos e o Complexo Militar do Exército, que vai concentrar cerca de 10 mil pessoas, entre alunos, professores, pessoal de apoio e familiares.
FOLHA de PERNAMBUCO/montedo.com

Skip to content