Escolha uma Página

Julia Lindner
O presidente Jair Bolsonaro deve sancionar integralmente a Medida Provisória aprovada pelo Congresso que permite o uso de recursos de um fundo da Polícia Federal para financiamento de um plano de saúde e pagamento de um bônus pelo tempo de “sobreaviso” dos profissionais da categoria. A informação é do deputado Sanderson (PL-RS), que é vice-líder do governo na Câmara, e foi confirmada por integrantes do Palácio do Planalto.
O objetivo, de acordo com Sanderson, é atenuar o fato de que Bolsonaro optou por não conceder reajuste aos policiais este ano, como havia prometido. O Ministério da Economia era inicialmente contra a sanção integral do texto e possui sugestões de alguns vetos.
Inicialmente, a MP editada pelo governo permitia o uso de 30% do fundo para custear os planos de saúde dos policiais. O Congresso ampliou esse número para 50%, além de ter incluído o bônus pelo período de sobreaviso, que é quando o servidor abre mão de períodos de repouso para ficar à disposição do órgão.
Coluna do ESTADÃO/montedo.com

Skip to content