Escolha uma Página

“Considerando as distâncias, o tamanho da Amazônia e a geografia da floresta e dos rios, pode parecer que houve retardo, mas não houve”, disse

O ministro da Defesa, general Paulo Sérgio Nogueira, negou nesta quarta-feira (8) que houve atraso por parte das Forças Armadas nas buscas pelo jornalista do jornal britânico “The Guardian” Dom Phillips e pelo indigenista Bruno Pereira.
Ambos estão desaparecidos desde domingo.
“Considerando as distâncias, o tamanho da Amazônia e a geografia da floresta e dos rios, pode parecer que houve retardo, mas não houve”, disse o ministro.
“Nós estamos falando de Atalaia do Norte, estamos falando de um local onde não chega nem avião, não tem campo de pouso. O helicóptero mais perto do Exército sai de Manaus e ele já estava pronto na manhã de ontem para atuar na área. A Marinha, da mesma forma, estava lá no dia anterior”, afirmou Sérgio Nogueira.
A declaração foi feita para a Comissão de Fiscalização Financeira da Câmara (CFFC).
O Antagonista/montedo.com

Skip to content