Escolha uma Página

Ex-ministro e general da reserva critica declaração de Bolsonaro sugerindo que militares ajudem na apuração dos votos

O ex-ministro da Secretaria de Governo e general da reserva Carlos Alberto dos Santos Cruz disse nesta 2ª feira (02.mai.2022) que envolver militares numa apuração paralela de votos nas eleições é a “politicagem mais baixa possível da exploração das Forças Armadas”. Ele deu a declaração em entrevista ao jornal Valor Econômico.
“É tentativa de exploração. Imagine as Forças Armadas fazendo contagem paralela de votos? O que é isso? Isso aí é brincadeira. Isso aí é simplesmente para criar confusão. Não é papel das Forças Armadas, não é tarefa das Forças Armadas. Tem Tribunal Eleitoral para isso”, acrescentou. Santos Cruz é o possível pré-candidato à Presidência da República pelo Podemos.
Poder360/montedo.com

Skip to content