Escolha uma Página

Presidente usou sua live semanal para explicar gastos de militares com Viagra, Botox e prótese peniana: “Tem gente que fratura o pênis”
´
Raphael Veleda
O presidente Jair Bolsonaro (PL) usou sua live semanal nesta quinta-feira (14/4) para reclamar de críticas às Forças Armadas após a revelação da compra, pelos militares, de itens como Viagra, próteses penianas e injeções de Botox.
“Isso é um crime contras as Forças Armadas, que não são minhas, são de todos nós. Forças Armadas que têm uma história. Não essa [história] contada pela esquerda, mas de vitórias, de luta, de garantir nossa democracia”, disse Bolsonaro, que usou parte da transmissão semanal que faz pelas redes sociais para justificar os gastos dos militares brasileiros.
“Eu fiquei chateado, não como capitão do Exército, mas como cidadão brasileiro [por] parte da mídia atacar as Forças Armadas: ‘compraram Viagra’. Ô, jornalistas, pelo amor de Deus. O Viagra é usado contra hipertensão arterial, entre tantas outras coisas”, iniciou ele.
“Também a questão do Botox, que bateram muito nas Forças Armadas. O Botox serve para patologias neurológicas, espasmos, Doença de Parkinson”, disse o presidente, que lia um papel com esses dados.
METRÓPOLES/montedo.com

Skip to content