Escolha uma Página

Ministro da Infraestrutura, Marcelo Sampaio, esteve na região na segunda (04/04) e sobrevoou trechos afetados para definir prioridade dos trabalhos de recuperação e liberação da BR-101-RJ-SP

Angra dos Reis (RJ) – Diante do volume recorde de chuvas que atingiram a região de Angra dos Reis, no Rio de Janeiro, o Governo Federal, por meio do Ministério da Defesa, autorizou a atuação do Exército Brasileiro para auxiliar nos trabalhos emergenciais de desobstrução de vias e de apoio à população. Na segunda-feira (04/04), o ministro da Infraestrutura, Marcelo Sampaio, esteve na região para vistoriar as condições da BR-101, ligação entre o litoral norte de São Paulo e a costa do Rio de Janeiro, e definir prioridade nos serviços de desinterdição de pontos críticos.
“Estamos acompanhando a questão dos deslizamentos das barreiras ali na BR-101, na Rio-Santos. Nossa expectativa é que, de quarta-feira para quinta-feira, a gente deixe a rodovia totalmente operacional novamente”, garantiu o ministro.

Trecho da Rio-Santos, na altura do bairro Monsuaba, tomado por lama — Foto: Reprodução/Redes sociais


Prioridades
Segundo a Secretaria Nacional de Defesa Civil, o efetivo levou maquinário a ser utilizado no reforço dos serviços que já vêm sendo executados desde a madrugada de sexta (01/04), pelo Governo Federal, sob a coordenação do Ministério da Infraestrutura (MInfra), para liberar trechos da rodovia que estão parcial ou totalmente interditados após deslizamentos de terra. As áreas mais atingidas são o km 578 da BR-101, em Paraty, e km 460, em Angra, em virtude de quedas de barreiras e árvores.
O Governo Federal por meio do MInfra, Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Polícia Rodoviária Federal (PRF) e a concessionária CCR RioSP, além das prefeituras locais, continuam atuando de forma coordenada para minimizar os impactos das chuvas.
Com informações do Ministério da Infraestrutura
Governo do Brasil/montedo.com

Skip to content