Escolha uma Página

Após duas tentativas frustradas, a Comissão Mista de Orçamento (CMO) tentará votar, na próxima terça-feira, o projeto de lei que abre crédito suplementar de R$ 2,5 bilhões para recompor despesas com salários, encargos sociais e programas do governo, como o Plano Safra.
A expectativa inicial era que o PLN 1/2022 fosse votado na semana passada pelo Congresso, mas não houve acordo. Com isso, o texto voltou para a Comissão de Orçamento para análise antes de realização de uma sessão conjunta entre deputados e senadores.
Na CMO, deputados e senadores tentaram votar o texto em duas oportunidades: na terça e na quarta-feira, mas não houve acordo em relação a valores e execução das emendas apresentadas pelo governo.
Como mostramos na semana passada, o governo Jair Bolsonaro encaminhou ao Congresso uma proposta para recompor em aproximadamente R$ 1 bilhão o orçamento das Forças Armadas (foto) para pagamento de salários e aposentadorias.
Também foram destinados R$ 56 milhões para o pagamento do bônus de eficiência dos servidores da Receita Federal e mais R$ 868 milhões para destravar vários programas de incentivo ao setor agrícola ao longo de 2022.
O Antagonista/montedo.com

Skip to content