Escolha uma Página

Comandante da Marinha visita família e homenageia o Suboficial Lenivaldo de Souza Filho, abatido em combate<

Marinha do Brasil
Em 21 de novembro de 2021, a Marinha do Brasil ficou diminuída, ao perder tragicamente o Suboficial Lenivaldo de Souza Filho, abatido durante uma ação de patrulha naval na Foz do rio Uatumã, no Amazonas. Sem oportunidade de se defender, Souza Filho foi alvejado por ocupantes de uma embarcação abordada pelo Navio-Patrulha Fluvial Rondônia.
Na última sexta-feira, em uma triste e chuvosa tarde em Manaus, a nossa Marinha se reuniu para prestar mais uma homenagem a esse novo herói, que pereceu precocemente, no sagrado cumprimento do dever.
Em cerimônia com a presença dos seus familiares queridos – a esposa Josilene Braz, a filha Laura e o pai Lenivaldo – o Suboficial Souza Filho foi promovido, post-mortem, ao posto de Segundo-Tenente. E, imortalizando o seu nome na nossa Marinha, o empurrador portuário “Jaú” foi rebatizado, passando a se chamar “Segundo-Tenente Souza Filho”.
Tais iniciativas não trarão de volta, ao convívio dos que o amaram, o Tenente Souza Filho. São apenas uma singela maneira da nossa Marinha levar um pouco de conforto aos seus entes queridos, mostrando que ele jamais será esquecido por nós. A Marinha também seguirá lutando, para que a sua morte não fique impune.

Leia também:
AM: militar da Marinha morre em troca de tiro durante abordagem a embarcação na Foz do Rio Uatumã


Na cerimônia, o 2° Sargento Fuzileiro Naval Fábio Santos dos Santos, que mesmo alvejado sobreviveu ao episódio, foi condecorado com a Medalha Mérito Tamandaré. A ele, o meu mais profundo agradecimento, em nome da invicta Marinha de Tamandaré.
Voltando a John Donne, em 21 de novembro os sinos dobraram não apenas pelo Tenente Souza Filho. Dobraram também por mim e por todos aqueles que amam a nossa Marinha!
Tudo pela Pátria!
Fonte: Instagram do Comandante da Marinha do Brasil
DEFESA EM FOCO/montedo.com

Skip to content