Escolha uma Página

Música do general Heleno contra o Centrão não foi digerida pelo mundo político, que vê Braga Netto como vice mais palatável para Bolsonaro

Guilherme Amado
Um grupo de assessores do Planalto tem na ponta da língua os argumentos para justificar por que o ministro da Defesa, Walter Braga Netto, e não Augusto Heleno é o melhor nome para concorrer a vice de Jair Bolsonaro.
Esses assessores criticam a atuação de Augusto Heleno e, sem citar o desastre no enfrentamento à pandemia, defendem que Braga Netto fez uma gestão “correta e efetiva” na Casa Civil, coordenando as ações interministeriais. Admitem que Braga Netto não tem traquejo político, mas lembram que Bolsonaro mesmo costuma dizer que isso não é papel de militar.
Ainda na seara política, entretanto, avaliam que Braga Netto seria melhor digerido do que Heleno. “Os políticos do Centrão não engoliram a musiquinha do Heleno. Desde a chegada de Ciro no Planalto, Heleno foi alijado de todas as decisões importantes pelo Centrão”, afirmou um assessor, pedindo sigilo, que põe em dúvida a capacidade de Heleno de conseguir se filiar a algum partido.
METRÓPOLES/montedo.com

Skip to content