Escolha uma Página

A chamada aí em cima é do blog. Confira a matéria de Cléber Toledo:

PTB convida ex-comandante do 22º Batalhão de Infantaria general Martin a disputar eleições no Tocantins

O general de Brigada Marco Antônio Martin da Silva, que comandou o 22º Batalhão de Infantaria, em Palmas, até ir para a reserva, foi convidado, em Brasília, nesta segunda-feira, 24, a disputar as eleições de outubro pelo PTB do Tocantins. Atualmente, ele é assessor especial do ministro da Defesa, general Walter Braga Netto.

Alternativa aos escândalos de corrupção
O convite foi feito pelo presidente do PTB no Estado, Alex Kawano. No Tocantins, o general se aproximou muito da sociedade, apoiando e conduzindo diversos projetos sociais, além do suporte que deu à segurança pública e à educação. “Uma candidatura do general torna-se oportuna em virtude dos diversos escândalos de corrupção que o Estado enfrenta. É uma alternativa cuja proposta pode resgatar o sonho de recolocar o Tocantins no caminho do desenvolvimento e da moralidade”, defendeu Kawano.

Se sente inclinado a aceitar
Segundo ele, o general está avaliando a possibilidade, mas já avisou que se sente inclinado a aceitar o convite. “Pelo apreço que tem pelo Tocantins e por ser Cidadão Tocantinense e Palmense”, afirmou o presidente do PTB, numa referência à outorga de títulos de cidadania a Martin pela Assembleia e Câmara da Capital. O oficial foi comandante do 22º Batalhão do Tocantins por mais de três anos, de 16 de novembro de 2009 a 11 de dezembro de 2012.

Sem definição
À Coluna do CT, o general disse que ainda não decidiu que cargo estuda concorrer.
COLUNA do CT/montedo.com

Skip to content