Escolha uma Página

A madrasta da criança também foi presa por participação na tortura; esse é o 2º caso de tortura infantil registrado, em menos de uma semana, na capital

Da Redação / [email protected]
Manaus – Um militar do Exército, 45, e a mulher foram presos por suspeita de torturar  uma criança de 4 anos na última terça-feira (7), em Manaus. A vítima é filho do militar e era violentamente espancando pelo pai e pela madrasta.
Este é o segundo caso de tortura infantil registrada em Manaus em menos de uma semana  (Foto: Jael Lucena / Arquivo GDC)
Por meio das redes sociais, a delegada da Polícia Civil, Juliana Vigas, informou que a criança apresentava múltiplas lesões no corpo. O menino relatou que ficava ajoelhado em caroços de milho. Segundo a polícia, o pai da criança dizia que o filho era “rebelde e precisava de correção”.
A prisão aconteceu após denúncias feitas ao Conselho Tutelar, que foi até o local para averiguar as informações. O casal recebeu voz de prisão em flagrante.
Este é o segundo caso de tortura infantil registrado, em menos de uma semana, na capital. Na última segunda-feira (6), uma criança de 9 anos que era torturada pelo pai e a madrasta, foi resgatada durante uma ação policial na Comunidade Novo Reino, no bairro Gilberto Mestrinho, zona leste de Manaus.
Em depoimento à Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (DEPCA), o pai da criança afirmou que todas as noites acorrentava o filho como forma de castigo.
d24am/montedo.com

Skip to content