Escolha uma Página

A postagem é de dezembro passado, mas vale rediscutir o assunto.

Erro de avaliação
O Exército não avalia corretamente o potencial de seus graduados à medida que trata a promoção ao oficialato como um prêmio de coroamento da carreira.

Estrelas e valorização são coisas diferentes
Historicamente, pesquisas realizadas com alunos do CAS apontam que a aspiração do sargento, como profissional das armas, não é ser oficial,  e sim ser valorizado. Esse objetivo seria atingido com muito mais eficácia se a Força Terrestre criasse uma carreira exclusiva para praças, seguindo o modelo americano.

Jaboticaba
Já escrevi aqui sobre a ‘jaboticaba’ que é o QAO. Durante a elaboração da a Lei nº 13.954/19, o Exército deixou passar a chance de extirpar essa excrescência. Um dia, quem sabe…

Skip to content