Escolha uma Página

Mariângela Nasário Andrade chegou a ser demitida após acusações de desviar imunizantes para vacinar funcionários do TJ do estado

Guilherme Amado
Naomi Matsui

A médica Mariângela Nasário Andrade, demitida em julho sob acusações de desviar vacinas, foi condecorada nesta segunda-feira (30/8) pelo Exército.
Mariângela recebeu a Medalha do Exército Brasileiro, reservada para pessoas que “tenham praticado ação destacada ou serviço relevante em prol do interesse e do bom nome do Exército brasileiro”.
Segundo o ato de concessão, a honraria foi concedida pelos serviços da médica à Operação Acolhida, que serve para atender refugiados e migrantes venezuelanos. A justificativa afirma que Mariângela ajudou no “assessoramento preciso nos assuntos referentes a saúde na Área de Proteção e Cuidados e no Núcleo de Saúde Acolhida”.
Em julho, Mariângela foi demitida do Tribunal de Justiça de Roraima, após ser acusada de desviar vacinas da… Operação Acolhida. As doses desviadas foram, segundo a acusação, para imunizar integrantes do Tribunal de Justiça.
Na ocasião, o motivo da demissão foi confirmado pelo TJ à repórter Flávia Mantovani. O tribunal abriu procedimentos internos para apurar o caso.
Coluna Guilherme Amado/montedo.com

Skip to content