Escolha uma Página

Ex-ministro da Saúde vai prestar depoimento no dia 19 de maio.

O Exército tem uma única preocupação com o depoimento do general Pazuello, marcado para 19 de maio, na CPI da Covid. Ele será desmentido se disser que cumpriu uma missão autorizada e determinada pela Força ao assumir o Ministério da Saúde.
O Alto Comando espera que Pazuello diga que ele “se voluntariou” após alguém ter sugerido seu nome para o presidente Bolsonaro. Com zero interferência da instituição.
“Qualquer versão diferente dessa será leviana. Chega de envolver o Exército”, desabafou um oficial da ativa.

Eu ouvi e conto aqui.
Aliás, ontem o blog ouviu de espirituoso carioca: “Já vi muita gente enrolada meter um atestado. Mas um atestado quatro estrelas é a primeira vez”…
G1/montedo.com

Skip to content