Escolha uma Página

A Polícia Federal suspeita que o sargento da Aeronáutica Jorge Luiz Cruz da Silva tenha recrutado militares para transportar drogas em aviões da FAB, informou o Jornal Nacional.
Na decisão que autorizou a Operação Quinta Coluna, deflagrada hoje, a juíza Pollyana Kelly Alves citou investigações que ligam Jorge Luiz ao também sargento Manoel Silva Rodrigues, preso na Espanha em junho de 2019 com 39 quilos de cocaína em avião presidencial.
“Segundo informações repassadas por colaborador anônimo que descreveu o modus operandi do esquema criminoso, Jorge Luiz da Cruz Silva seria a pessoa responsável pela indicação de militar da FAB que recrutaria ‘mulas’ para o transporte de substância entorpecente”, diz trecho da decisão.
Foram cumpridos 15 mandados de busca e apreensão. Um dos alvos foi o coronel Alexandre Piovesan, ex-integrante do Gabinete de Segurança Institucional.
O Antagonista/montedo.com

Skip to content