Escolha uma Página

Balsas abordadas em ação coordenada pela Operação Verde Brasil 2 infringiam as normas de segurança do tráfego aquaviário

As Forças Armadas abordaram nesta segunda-feira (28) um novo comboio que transportava toras de madeira extraídas na Capitania Fluvial de Santarém (PA). Os militares desconfiaram de uma embarcação na comunidade de São José, no Rio Arapiuns, e constatou o excesso de carga, o que resultou na apreensão do material.
O comboio abordado, composto por duas balsas com toras de madeira, foi apreendido por infringir à Lei n 9.537/1997, que dispõe sobre a segurança do tráfego aquaviário, entre elas, excesso de carga e falta de tripulantes. O caso foi informado aos órgãos ambientais e à Polícia Federal que devem proceder a verificação quanto à regularidade da carga de madeira das embarcações e do seu transporte.
A ação foi coordenada pelo Comando Conjunto Norte, da Operação Verde Brasil 2, que visa prevenir e combater crimes ambientais na Amazônia legal e conta com a colaboração de 11 órgãos governamentais.
Na última sexta-feira (25), as Forças Armadas haviam realizado apreensões de embarcações transportando madeiras e ocuparam uma madeireira, respectivamente, em Santarém e Itaituba. Um dia antes, os militares apreenderam uma carga de 40 toneladas, equivalente a 2 milhões de maços de cigarros, na maior apreensão do gênero já efetuada em Sergipe e uma das maiores realizadas no Brasil.
CORREIO DO POVO/montedo.com

Skip to content