Escolha uma Página

Recebo com frequência relatos de fatos bizarros ocorridos em quarteis do Brasil, os quais não publico, pela impossibilidade de comprovação. Essa história do então tenente-coronel Pazuello, até hoje, estava na categoria das lendas. O jornalista Ruy Castro acaba de inseri-la em uma hipotética biografia do general:

“Até há pouco, o único episódio na trajetória de Pazuello que poderia justificar uma referência foi quando, em 2005, ao dirigir o Depósito Central de Munição, em Brasília, puniu um soldado sob seu comando, obrigando-o a puxar uma carroça, atrelado a ela por arreios, como uma mula, e transportando um colega na presença dos companheiros.
Pazuello era tenente-coronel, mas isso não turvou sua escalada ao generalato.” (Ruy Castro)

Confira:
Pazuello já merece uma biografia

Nota do editor:
O Depósito Central de Munições do Exército está situado em Paracambi, no RJ, e não em Brasília

Skip to content