Escolha uma Página

Homem ainda xingou policiais e tentou usar patente no serviço militar para não ser preso. Ele também vai responder por desacato

Ana Oshiro
Campo Grande(MS) – Tenente do Exército, com 61 anos e da reserva, foi preso por dirigir embriagado e por desacato à autoridade, na tarde de sábado (14) em Campo Grande. Homem ainda tentou usar a patente do serviço militar para não ser preso.
De acordo com o boletim de ocorrência, durante patrulhamento na Avenida Duque de Caxias, a equipe da Rocam (Ronda Ostensiva Com Apoio de Motocicletas) se deparou com veículo em alta velocidade, na contramão, que quase colidiu a equipe. Os policiais tentaram fazer a abordagem, com giroflex e sirene, solicitando que o carro parasse, mas o motorista não acatou. Após perseguição, o homem parou e desceu do veículo visivelmente alterado.
Durante abordagem, o tenente do exército alegou que os policiais não sabiam com quem estavam falando e que deveria ser respeitado. O homem confessou que havia ingerido bebida alcoólica e que estava em uma confraternização. A equipe precisou usar força física para conter e algemar o tenente.
O coordenador de dia do Batalhão de Choque da PMMS (Polícia Militar de Mato Grosso do Sul), foi acionado para acompanhar os procedimentos, uma vez que o abordado tratava-se de um militar da reserva das forças armadas. Enquanto aguardavam, o tenente passou a xingar os policias, usando palavras como “safado, pilantra e filho da p.”.
Também foi chamado o superior de dia do Exército Brasileiro, para acompanhar os procedimentos na delegacia. O tenente foi preso pelos crimes de direção perigosa, desobediência, desacato, resistência e abuso de autoridade.
CAMPO GRANDE NEWS/montedo.com

Skip to content