Escolha uma Página

Internado desde o dia 18 de agosto, Paulo Cesar morreu em decorrência de complicações respiratórias. O sargento é a primeira vítima da doença no 3° BEC, em Picos, Sul do Piauí.

Vitória Pilar*, G1 PI — Teresina
O 2° sargento Paulo Cesar de Carvalho Braz, do Exército Brasileiro, morreu nessa segunda-feira (31) em decorrência de complicações respiratórias, causadas pela Covid-19. Ele foi a primeira vítima da doença no 3° Batalhão de Engenharia de Construção (BEC), em Picos, Sul do Piauí.
O sargento estava internado em um hospital particular de Teresina desde o dia 13 de agosto, quando precisou ser entubado em virtude do agravamento do seu quadro clínico e veio a óbito após uma parada cardiorrespiratória
Em nota divulgada nas redes sociais, o 3° BEC lamentou a morte do sargento e solidariza com a família e amigos.

Nota de pesar

O 3º Batalhão de Engenharia de Construção “BATALHÃO VISCONDE DA PARNAÍBA”, com muito pesar, lamenta informar o falecimento do 2º Sargento Eng PAULO CÉSAR DE CARVALHO BRAZ, ocorrido no dia 31 de agosto de 2020, na cidade de Teresina-PI.
O 2° Sgt Paulo César foi hospitalizado no dia 13 de agosto, com diagnóstico de COVID-19, sendo intubado em virtude do agravamento do seu quadro clínico. E vindo a falecer, por parada cardiorrespiratória, às 10h35min do dia 31, sendo a primeira vítima fatal da doença no 3º BEC.
Os familiares do referido militar já foram avisados e todas as medidas de apoio médico, psicológico e de suporte espiritual já estão sendo tomadas para apoiá-los. Ele deixa esposa e um legado de amor, amizade, camaradagem e profissionalismo.
Neste momento, os integrantes do 3º Batalhão de Engenharia de Construção manifestam as condolências à família do 2º Sgt Paulo César e prestam continência à esse honrado militar, ao tempo em que prestam todo apoio e se solidarizam com os familiares e amigos do nobre companheiro.

G1/montedo.com

Skip to content