Escolha uma Página

Segundo a mãe de João Miguel, amigos contaram que ele estava ‘brincando’ com outro soldado quando foi atingido por um tiro na barriga, na manhã do domingo (24).

Danilo César, TV Globo
Um soldado da Aeronáutica estava se preparando para começar o serviço quando foi baleado, na manhã do domingo (24). João Miguel está na função há 10 meses e foi socorrido pela ambulância do quartel. Ele foi encaminhado ao Hospital da Aeronáutica, em Jaboatão dos Guararapes, onde está internado (veja vídeo acima).
“Ele assumiu o serviço por volta das 7h e, próximo às 12h, chegou uma viatura da Aeronáutica na minha casa e informou que ele teria sido alvejado, que não sabiam dar maiores detalhes, que ele tinha passado por cirurgia e estaria internado. Não nos informaram o que aconteceu”, disse Tatiane Pereira da Silva, mãe do soldado.
Ainda segundo Tatiane, os colegas do trabalho de João disseram que o tiro foi disparado enquanto ele “brincava” com um amigo. O tiro atingiu a barriga de João Miguel.
“Todos dizem que eles estavam brincando de um falar da mãe do outro, eles estavam armados e um soldado ficou com raiva e atirou na barriga do meu filho”, contou.
O paciente passou por uma cirurgia que durou mais de três horas. De acordo com os médicos, o tiro atingiu parte do intestino e de um rim. Na manhã desta segunda-feira (25), o quadro de saúde do soldado era estável.
A Polícia Civil, por meio da Força Tarefa de Homicídios, informou que foi acionada no domingo (24) para verificar uma tentativa de homicídio dentro da Base Aérea Militar do Recife. “Durante a apuração, foi identificado que os envolvidos são militares, houve o uso de arma militar e que o fato ocorreu dentro da área militar”. Por isso, a investigação será feita pela Aeronáutica.
Por meio de nota, a assessoria de imprensa da Aeronáutica informou que foi instaurado “um procedimento administrativo para apurar as circunstâncias da ocorrência” e que “o militar e sua família estão recebendo o apoio necessário”.
G1/montedo.com

Skip to content