Escolha uma Página

O Estado-Maior das Forças Armadas do Irã admitiu ter derrubado por engano o avião de passageiros da Ucrânia logo após ele decolar de Teerã na última quarta-feira (8).
A informação foi divulgada pela emissora estatal iraniana Press TV e reproduzida pela rede CNN.
Segundo o relatório dos militares iranianos, houve “erro humano” na operação. A queda do Boeing 737-800 que voava para Kiev matou seus 176 ocupantes —entre os quais 82 iranianos e 63 canadenses.
O presidente do Irã, Hassan Rouhani, escreveu no Twitter: “investigação interna das Forças Armadas concluiu que infelizmente mísseis disparados por erro humano causaram a horrível queda do avião ucraniano e a morte de 176 pessoas inocentes. Investigações continuam para identificar e processar [os responsáveis por] esta grande tragédia e imperdoável erro”.


O Antagonista/montedo.com

Vídeo divulgado pelo New York Times registra o momento em que um míssil atinge o Boeing ucraniano

Skip to content