Escolha uma Página

Os deputados Tiago Mitraud (Novo/MG) e Glauber Braga (Psol/RJ) apresentaram nesta manhã recursos contra a apreciação conclusiva do PL 1.645/19, para que seja analisado pelo Plenário da Câmara. Os signatários do pedido de Glauber ainda não puderam ser confirmados.Já o requerimento de Mitraud foi assinado por sessenta e quatro parlamentares, número que supera a exigência regimental de dez por cento dos membros da Câmara . Confira:
PL 164519 -Requerimento Deputado Tiago Mitraud com assinaturas
Se a petição não for retirada, o debate deve seguir para o plenário.
A motivação já declarada do deputado Glauber é a correção dos percentuais de gratificações, de forma a beneficiar os militares de baixa patente, em particular os integrantes do Quadro Especial do Exército e seus correspondentes na Marinha e Aeronáutica.
Tiago Mitraud, por sua vez, classifica a paridade e a integralidade como “privilégios” e “irresponsabilidade fiscal”, além de defender que a contribuição previdenciária dos militares seja igualada a dos civis, que é de 22%. “O Estado brasileiro quebrou e todos devem contribuir igualmente para resolvermos o rombo”, declarou o deputado mineiro na Comissão Especial que analisou o PL 1645. Assista:

Aguardemos as cenas dos próximos capítulos.

Skip to content