Escolha uma Página

Em um evento petista na noite de ontem, em São Paulo, Fernando Haddad resolveu provocar os militares.

“A gente fica atônito também com os militares bolsonaristas, porque a gente tem que começar a chamar as coisas pelo nome. Nós não podemos chamar de Forças Armadas uma meia dúzia de generais entreguistas que estão do lado do Bolsonaro.”

Ele continuou:

“A cada momento que o Supremo Tribunal Federal é chamado a fazer justiça, entra no circuito um militar bolsonarista ameaçando o Supremo, dando um telefonema, dizendo que tem 300 homens armados, tuitando para constranger os ministros da Suprema Corte.”

A gente tem que começar a chamar as coisas pelo nome: Haddad é o poste de Lula e nada mais. 

O Antagonista/montedo.com

Skip to content