Escolha uma Página
Em 2015, não houve despesas desse tipo
AMANDA GEROLDO, COM EDIÇÃO DE MURILO RAMOS
O Exército poderá gastar até R$ 146 mil em serviços de bordo em viagens oficiais do Comandante do Exército, Eduardo Dias da Costa Villas Bôas. O serviço será oferecido em voos da Força Aérea Brasileira (FAB) originados nos aeroportos do Rio de Janeiro, São Paulo, Manaus, Campo Grande, Recife e Porto Alegre. Os pagamentos, de acordo com o Exército, serão realizados conforme os serviços pedidos, que incluem café, lanche, almoço e jantar.
Segundo a assessoria do Exército, a prioridade do Comando é utilizar voos comerciais sempre que possível. Porém, justificam as despesas ao dizer haver ocasiões em que isso não é viável como, por exemplo, em voos para a Amazônia.
No ano passado, não houve gastos do Exército com serviços de bordo.
EXPRESSO (Época)/montedo.com

Skip to content