Escolha uma Página
Fotomontagem
ANCELMO GOIS
O ministro da Defesa, Aldo Rebelo (aqui, numa fotomontagem paramentado de general), decidiu criar o Comando de Defesa e Segurança para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio-2016.
Será integrado por ele e pelos comandantes das três Forças Armadas, além do chefe do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas e do secretário-geral da pasta.
Falando nisso…
O comando da Força Nacional de Segurança será transferido, em fevereiro, de Brasília para o Rio, onde ela começará a operar em definitivo até as Olimpíadas.
Serão cerca de 9,6 mil homens e mulheres que farão a segurança das instalações olímpicas.
Skip to content