Escolha uma Página
SOLDADO SE ENTREGA APÓS MATAR SARGENTO DO EXÉRCITO EM NOVA IGUAÇU
Nova Iguaçu (RJ) – O soldado da Polícia Militar, Edmilson Gomes da Silva, do 4º BPM (São Cristóvão) e lotado na UPP da Mangueira se entregou ontem na Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF), em Belford Roxo. Ele é acusado de matar o sargento do Exército, César Ferreira Dias Neto, assassinado no último dia 17 em seu próprio sítio, no bairro Marambaia, em Nova Iguaçu. De acordo com a polícia o crime ocorreu após uma discussão entre os dois homens por causa de uma mulher.
Segundo informações do Sargento Vieira, que estava no local do homicídio e socorreu a vítima, a motivação do desentendimento foi uma mulher, om a qual o acusado se envolveu, mas não quis ficar com ele durante uma festa realizada no sítio em Marambaia. Conforme a polícia, a vítima teria discutido com Edmilson e o expulsado de sua propriedade, chamando-o repetidamente de “merda”.
Ainda segundo a polícia, após a discussão, César teria ido ao automóvel de Edmilson e batido com uma arma no carro. Com raiva, Edmilson retornou ao sítio, ainda durante a festa, e disparou diversas vezes contra a vítima.
Testemunhas declararam que Edmilson roubou duas armas de César e quase matou outro homem, que tentava impedir a briga. César foi socorrido e levado para o Hospital Geral de Nova Iguaçu,no bairro da Posse, mas não resistiu aos ferimentos.
JBFNews/montedo.com
Skip to content