Escolha uma Página

Thiago de Souza
O balanço inicial da Operação Ágata 9, dá conta de mais de três mil toneladas de maconha e 1.680 maços de cigarro apreendidos, nos estados de Mato Grosso do Sul e do Paraná. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (23). O objetivo da operação é combater crimes transfonteiriços, e começou na madrugada do dia 22 de julho. O efetivo de 5.310 homens, envolve militares da Marinha, Exército, Aeronáutica e mais 255 profissionais de agências federais e órgãos públicos estaduais e municipais.
Ação envolvendo Marinha do Brasil e Núcleo de Polícia Marítima da Polícia Federal culminou na apreensão de 2,1 toneladas de maconha, na rodovia PR-495, entre Missal e Medianeira, no Paraná. Também houve prisão de um traficante que dirigia veículo com placas adulteradas. Em Nioaque, 1,3 toneladas de maconha também foram apreendidas.
As ações
As Forças Armadas, juntamente com o esforço interagências, realizam no centenas de ações entre reconhecimento fluvial, inspeções em embarcações, revistas de pessoas, patrulhas, check points em rodovias e revistas em aeródromos e aeroportos, transporte logístico aéreo, ações cívico-sociais, entre outras.
CAMPO GRANDE NEWS/montedo.com
Skip to content