Escolha uma Página
Uma das suspeitas de familiares e amigos é que o jovem tenha contraído rabdomiólise, síndrome grave que ocorre devido a uma lesão muscular

Fortaleza (CE) – Um recruta do Exército Brasileiro, identificado como Francisco Igor Vieira Alves, 18, morreu no último dia 13 de abril, depois de passar mal em treino realizado em Maranguape, 30 km de Fortaleza. O jovem ficou internado no Hospital Militar uma semana após o treinamento do no 23º Batalhão de Caçadores.
O Exército informou, em nota, que Francisco Igor recebeu todo o suporte necessário durante a estadia em Maranguape, quando passou mal pela primeira vez. Depois de atendimento, ele foi liberado para voltar ao treinamento e, somente uma semana depois, voltou a passar mal.
O treinamento, ainda conforme o Exército, terminou no dia 10 de abril. “As atividades físicas são as mesmas nos Batalhões espalhados em todo o País. O treinamento é gradual e estava compatível com o que o recruta já vinha vivenciando dentro do quartel. A marcha é uma atividade de rotina, prevista no Manual de Instrução e acontece em todo o Exército”, completou a corporação.
Suspeitas
Uma das suspeitas de familiares e amigos é que o jovem tenha contraído rabdomiólise, síndrome grave que ocorre devido a uma lesão muscular direta ou indireta. “Uma sindicância foi aberta para apurar o que aconteceu no acampamento e, juntamente com o resultado do laudo, chegar a uma resposta definitiva”, defendeu o Exército.
O POVO/montedo.com
Skip to content