Escolha uma Página
Durante reunião realizada em Brasília no início de março, o Comando Logístico do Exército deu a notícia: a equipe econômica cortou em 49,81% os valores previstos no Orçamento para aquisição de combustível pelo Exército em 2015.
Reserva ‘zerada’
A gasolina estocada deve durar até julho. Com o diesel, a situação é pior: o combustível, que abastece a maioria das viaturas da Força deve acabar em junho. A chamada reserva regional está ‘zerada’, afirma em documento um general do Comando Militar do Sul. 
Cada um por si
As unidades militares só poderão cumprir missões logísticas ou administrativas utilizando apenas suas próprias reservas de combustível. A exceção são as situações de emergência, principalmente as de saúde.

Skip to content