Escolha uma Página
Explosão assusta moradores no subúrbio do Rio
Quartel do Exército estaria fazendo um teste no local, segundo bombeiros.
Até as 16h, não havia informações sobre feridos.
Explosão assustou moradores de bairros do Subúrbio do Rio (Foto: Reprodução/TV Globo)
Explosão assustou moradores de bairros do subúrbio do Rio (Foto: Reprodução/TV Globo)
Do G1 Rio
Uma explosão em área militar de Deodoro, no Subúrbio do Rio, assustou moradores da região por volta das 14h desta quinta-feira (12). Segundo os bombeiros, o Quartel do Exército estaria fazendo um teste no local, mas até as 16h não havia detalhes sobre a causa da explosão ou feridos.
A explosão chegou a quebrar os vidros do Centro de Formação dos Bombeiros, que fica na Avenida Brasil, na altura de Guadalupe. O instalador de câmeras Marcos Paulo Cunha teve o vidro de sua casa rachado com a explosão. “Tava lavando roupa, ouvi o estouro e viu bola de fogo. Veio calor e depois uma fumaça branca”
A explosão foi causada por uma falha na execução de trabalhos programados de detonação de engenhos explosivos falhados. Segundo o Comando Militar do Leste, uma das detonações gerou uma onda de choque em níveis acima do esperado, gerando danos materiais em construções civis e militares nos arredores.
Uma avaliação técnica sobre o incidente foi determinada para a “adoção das providências cabíveis” e esclarecimentos.
Até as 17h30, não havia relatos de feridos, segundo o Exército. Danos materiais estavam sendo quantificados e as demais detonações previstas foram suspensas. Equipes de controle de danos realizavam levantamentos junto aos moradores para catalogar danos para possíveis reparações ou ressarcimento.
Ainda segundo os militares, as detonações têm sendo realizadas na área do Camboatá desde o final de 2012, por pessoal especializado e cercado de todas as medidas de segurança cabíveis.
Morador teve o vidro de sua casa rachado com a explosão (Foto: Marcelo Elizardo/G1)
Morador teve o vidro de sua casa rachado com a explosão (Foto: Marcelo Elizardo/G1)

Segundo moradores, o tremor da explosão foi sentido nos bairros de Marechal Hermes, Guadalupe, Deodoro, Vila Militar, Anchieta e Ricardo de Albuquerque. Vários vidros teriam sido quebrados.

G1/montedo.com
Skip to content