Escolha uma Página
Soldados do Exército vão auxiliar no combate à dengue em Joinville
Ação da prefeitura vai ser realizada das 7h30 às 17h da próxima quinta (12).
Serão 50 soldados do Exército e equipes da PM, Defesa Civil e município.
Joinville terá mutirão de combate à dengue com ajuda do Exército (Foto: Cinthia Raash/RBS TV)
Joinville terá mutirão de combate à dengue com ajuda do Exército (Foto: Cinthia Raash/RBS TV)
Do G1 SC
Soldados do Exército vão auxiliar no combate à dengue em Joinville, no Norte catarinense, em um mutirão na próxima quinta-feira (12). A ação é uma iniciativa da prefeitura que será realizada das 7h30 às 17h nos bairros Itaum e Floresta, na Zona Sul da cidade, onde foram registrados mais de 90% dos focos, segundo a Secretaria de Saúde do município.
De acordo com o relatório da Diretoria de Vigilância Epidemiológica do estado (Dive), a cidade é a terceira com maior número de focos identificados: 130. Fica atrás somente de São Miguel do Oeste, com 136 e Chapecó, que lidera a lista, com 348.
Apesar disso, Itajaí é o município com maior número de casos confirmados: 61, onde foram encontrados 93 focos. Joinville possui dois casos confirmados da doença, ambos contraídos fora do estado.
Os dois casos confirmados da doença são de rapazes, com 16 e 20 anos, moradores do Distrito de Pirabeiraba e do bairro Vila Nova. Eles foram internados no dia 28 de janeiro e tiveram alta na última segunda (2).
No total, Santa Catarina possui 76 pessoas infectadas pelo vírus, sendo que 60 contraíram em Itajaí – uma delas mora na cidade vizinha, Balneário Camboriú.
Ação do Exército
A gerente da unidade de Vigilância em Saúde de Joinville, Jeane Regina Vieira disse que vão atuar 50 soldados do Exército. Ao todo, serão 170 pessoas de equipes da Polícia Militar, Defesa Civil, agentes de endemias, agentes comunitários de saúde e profissionais da prefeitura.
Até a publicação desta reportagem, Joinville ocupava o segundo lugar no ranking de cidades catarinenses com ocorrências de suspeitos de dengue. Havia 16 registros de casos suspeitos, sendo dois confirmados.
Itajaí, no Vale, lidera a lista: foram feitos 196 exames da doença, dos quais 61 confirmados. A maioria foi contraída dentro do próprio município. Leia mais.
G1/montedo.com

Skip to content