Escolha uma Página
Exército prepara homens em PE para atuar no Complexo da Maré, RJ
Militares de Petrolina e Jaboatão irão a Garanhuns para ‘adestramento’.
Cerca de 2.500 homens do Nordeste vão para esta comunidade carioca.
Homens do 71º Batalhão de Infantaria Motorizado (BIMTz) Duarte Coelho, situado em Garanhuns, Pernambuco (Foto: Divulgação/ Comunicação do 71º BIMTz)
Homens participarão de atividades em três bairros de Garanhuns (Foto: Divulgação/ 71º BIMTz)
Do G1 Caruaru
Militares de todo o Nordeste estão se preparando para atuar na Operação São Francisco, a ser realizada no Complexo da Maré, na cidade do Rio de Janeiro. Cerca de 2.500 homens farão parte do sexto contingente, que ficará no local de fevereiro a abril e recebeu o título de Força de Pacificação Guararapes. O comandante será o general de brigada Antônio Carlos de Souza.
Desta segunda (26) até a sexta-feira (30), os militares que passaram por avaliações e triagem vão se reunir em quatro unidades: Natal, no Rio Grande do Norte, Salvador, na Bahia, e, em Pernambuco, nas de Recife e Garanhuns. O objetivo é “participar de um treinamento final com vistas à atuação eficiente nas operações de Garantia da Lei e da Ordem”, de acordo com a Seção de Comunicação do 71º Batalhão de Infantaria Motorizado (BIMTz), situado nesta última cidade.
O subtenente Torres, responsável por este departamento, explica que “a situação está controlada. Há alguns conflitos com facções criminosas de tráfico de drogas, mas está sob controle, no geral. Depois das tropas do Nordeste, irá outra e o Exército será substituído gradativamente para serem instaladas as Unidades de Polícia Pacificadora, as UPPs. Já há policiais militares do Rio de Janeiro trabalhando no local”. Medidas como essas são planejadas entre o governo daquele estado junto aos ministérios da Defesa e da Justiça.
‘Adestramento’
Cerca de 600 militares devem participar das chamadas ações de “adestramento” organizadas pelo batalhão de Garanhuns, nesta terça-feira (27), com apoio de equipes do 9º Batalhão da Polícia Militar. Para esta cidade do Agreste pernambucano, virão aproximadamente 200 homens de Jaboatão dos Guararapes e 200 de Petrolina.
O subtenente Torres destaca que o evento é para “coroar a nossa preparação para as atividades que serão feitas no Complexo da Maré”. Este procedimento ocorrerá de 6h às 22h nos bairros do Magano, Cohab III e Brasília, onde “serão realizados treinamentos de patrulhamentos a pé e motorizado, bem como serão estabelecidos postos de bloqueio e controle de vias urbanas”, segundo a Seção de Comunicação. Nos dias seguintes, as atividades continuarão dentro da unidade local.
Além da oportunidade de participar de um movimento importante de paz, o comando da Força de Pacificação Guararapes vê a atuação no Rio de Janeiro como “uma excelente oportunidade para o aprimoramento técnico e profissional de uma parcela significativa de sua tropa”. (R.A)
G1/montedo.com
Skip to content