Escolha uma Página
Estátua de soldado orando será removida de cidade nos EUA após ação movida por grupo ateísta
A prefeitura da cidade de King, na Carolina do Norte, anunciou recentemente que desistiu de sua batalha legal para manter a estátua de um soldado orando diante de uma cruz, depois de uma disputa de quatro anos desencadeada pela queixa de um ateu.
De acordo com o The Daily Caller, a prefeitura cedeu à remoção da estátua após ter gasto cerca 50 mil dólares com processos judiciais.  A decisão foi anunciada após as autoridades municipais calcularem que teriam que desembolsar mais de 2 milhões de dólares  na tentativa de manter a estátua de forma legal.
– A decisão não foi tomada até que ficou claro que os custos do processo para julgamento seriam muito maiores que os limites da política segura da cidade – afirmou a prefeitura em um comunicado, ressaltando que a decisão de desistir da luta para manter a estátua foi uma “decisão difícil para o conselho da cidade”.
A ação contra prefeitura pedindo a remoção da estátua foi movido pelo grupo ateísta “Americanos Unidos pela Separação entre Igreja e Estado”, que alegou que o monumento viola a Constituição americana, e é uma aparente promoção ao cristianismo e uma “bandeira cristã” em um parque municipal.
O prefeito de King, Dillard Brunette, comentou o caso afirmando que “não há nenhuma vitória nesta situação”.
Gnotícias/montedo.com
Skip to content