Escolha uma Página

O Reino Unido quer promover a diversidade nas Forças Armadas e, por isso, está a perguntar aos recrutas qual a sua orientação sexual.
Forças Armadas britânicas querem saber se recrutas são gays

Só a partir de 2000 é que foi permitido os soldados britânicos homossexuais ingressar nas Forças Armadas. Agora, e com o objetivo de aumentar a diversidade neste setor, é perguntado aos recrutas qual a sua orientação sexual.
A pergunta consta de um formulário que, segundo o Independent, contém a opção de “prefiro não responder”. No mesmo documento é perguntado aos recrutas quão acham que serão discriminados ou não se revelarem a sua orientação sexual no meio militar.
Os recrutas não serão identificados nos formulários uma vez que estes serão anónimos, evitando assim que esta informação se torne do conhecimento geral.
“Os nossos soldados estão a ser encorajados a declarar a sua orientação sexual. Ainda assim, não se trata de uma ordem. Recolher estas informações dar-nos-á um melhor entendimento da composição das nossas Forças Armadas e ajudar-nos-á garantir que as nossas políticas e práticas apoiam plenamente o nosso pessoal”, disse ao Telegraph um porta-voz do Ministério da Defesa.
O objetivo desta medida implementada em novembro passado é o de tornar as Forças Armadas uma entidade mais inclusiva onde todas as pessoas têm o mesmo valor, independentemente da religião, orientação sexual, raça ou género. (Reuters)
NOTÍCIASAOMINUTO/montedo.com
Skip to content