Escolha uma Página

Ricardo Montedo

Compras, espumantes, chester,
Shopping, lojas repletas, ambulantes alvoroçados,
Papai Noel, neve de isopor, trenós de papelão,
Simone, Jingle Bells,
Bim-blom, bim-blom, bim-blom,
Bate o sino da matriz…
Sim, é Natal, por supuesto.
– Mas…Natal de quem, cara-pálida???
– Será que, em meio a essa avalanche de gastança, comilança, festança, sobra um tempo para lembrar o homenageado?
-Pelamordedeus! Não é o Papai Noel!
– Meu, tô falando do Guri aquele que nasceu há dois mil anos.
– Aquela história da manjedoura, lembra? De José e Maria, dos Reis Magos, dos pastores, das vacas e das ovelhas.
– Sim, ele mesmo, Jesus.
– Amor e Bondade infinitas legadas ao Homem pelo sorriso de um Menino.
– Lembre-se Dele neste Natal.
– Sorria mais.
– Ame sem moderação.
– Seja melhor.
– Seja bom.
FELIZ NATAL!
Skip to content