Escolha uma Página
Imagem ilustrativa
Na matéria “O esquema chegou nas elétricas“, a edição desta semana da revista Isto É revela que a Polícia Federal do Paraná realizou uma operação de busca na casa do doleiro Alberto Youssef – principal operador financeiro do ‘Petrolão’ – em Curitiba. A PF apreendeu uma planilha com 750 projetos. Diz a matéria:

“Do total, apenas 19 correspondem a contratos com a Petrobras. O restante refere-se à atuação do doleiro no setor elétrico, em infraestrutura e até na área de Defesa.”

Com enfoque no setor elétrico, a matéria não informa que projetos da Defesa estariam sob a batuta de Youssef. Entretanto, diante dos escândalos em cascata revelados a partir da Operação Lava Jato e face aos vultosos contratos entre os governos petistas e a indústria bélica, talvez nem o mais otimista e crédulo dos homens possa supor que o setor tenha se mantido imune ao tentáculos do esquema de corrupção sistêmica, que já revelou uma capilaridade nunca vista ‘na istória destipaiz’.
Aguardemos as cenas dos próximos capítulos.
Skip to content