Escolha uma Página
Calma, gente! Não é no Brasil (ainda). hehehe.

General considera Presidente da República enciclopédia
General Egídio ‘Disciplina’ (Portal de Angola)
Malanje (Angola)  – O chefe do Estado-maior adjunto para Educação Patriótica das Forças Armadas Angolanas, General Egídio de Sousa Santos “Disciplina” considerou hoje (sábado), nesta cidade, o Presidente da República, José Eduardo dos Santos uma verdadeira enciclopédia de sapiência, bem como uma figura emblemática e incontornável de todos os tempos.
Presidente José Eduardo ‘Enciclopédia’ Santos
(Observador Político)
O oficial fez essa exaltação numa palestra sobre “O papel de destaque despenhado pelo Presidente da República na edificação de uma nova Angola”, inserida nas comemorações do 72º aniversário do Chefe de Estado angolano, a assinalar-se a 28 deste mês.
O general enalteceu a figura de José Eduardo dos Santos, frisando ser um filho da pátria angolana que nos momentos difíceis da história do país soube prestar juramento de fidelidade à nação, sacrificando toda a sua juventude para servir os interesses mais nobres do povo e os destinos da revolução democrática popular.
Segundo afirmou, o Executivo angolano, sob a liderança do Presidente da República, nunca abdicou das suas responsabilidades políticas, económicas e sociais, mantendo-se sempre firme, corajoso e determinado na contínua assistência necessária às populações, bem como na preservação da independência e da soberania nacional.
O chefe do Estado-Maior Adjunto das FAA apontou a manutenção da unidade do povo angolano de Cabinda ao Cunene, a preservação da integridade territorial, a defesa da independência e da soberania nacional, a institucionalização da democracia pluripartidária e a promoção da tolerância, bem como da reconciliação nacional, como factores relevantes protagonizados por José Eduardo dos Santos.
Precisou que o patrono da nação angolana, sempre recorreu às medidas de resolução dos conflitos militares de Angola, propondo negociações entre os seus actores e o governo, até a conquista da paz em Abril de 2002.
Por outro lado, de acordo com o General Egídio Sousa e Santos, o Presidente de Angola, pela sua relevância e grandeza histórica, bem como pela visão estratégica na mudança do rumo dos acontecimentos do país, se destacou nos anos 80 e 90, na pacificação do país.
A palestra sobre “ o papel de destaque despenhado pelo Presidente da República, José Eduardo dos Santos, na edificação de uma nova Angola”, foi promovida pela delegação da Caixa de Segurança Social das Forças Armadas Angolanas e foi dirigida a efectivos da corporação e da Polícia Nacional, membros do governo, estudantes, autoridades tradicionais, membros da sociedade civil e jornalistas.
ANGOP/montedo.com
Skip to content