Escolha uma Página
Em Stavropol, no sul da Rússia, a escola de cadetes General Yermolov acrescenta às aulas de uma escola normal a alunos dos 11 aos 17 anos o ensino militar e patriótico. A escola é apoiada pelo regime russo.
Este estabelecimento escolar, que fuciona há cerca de dez anos, leva o nome de Alexei Yermolov, um heroi militar russo das Guerras Napoleónicas e que chegou a comandar o exército do país no Cáucaso em 1816.
Yermolov ficou com os créditos da reforma da estrutura dos cossacos, grupo étnico que foi praticamente eliminado com a subida ao poder dos bolcheviques, em outubro de 1917.


Fotografias de Eduard Korniyenko, da Reuters:

TSF Rádio Notícias/montedo.com
Skip to content