Escolha uma Página
Fogo amicíssimo
Ricardo Boechat
BOE-01-IE-2313.jpg
Na chefia da Aeronáutica desde 2007 e a caminho da reserva, Juniti Saito quer fazer o sucessor. O escolhido é o brigadeiro Hélio Paes de Barros Júnior, responsável pela área de logística da Força. Oficiais insatisfeitos criticam a escolha, atirando nos dois quatro estrelas. A eles atribuem o fato de que, das cerca de 600 aeronaves da FAB (incluindo helicópteros), cerca de 250 estão inoperantes. A soma de horas voadas caiu de 170 mil/ano para 140 mil/ano. E o custo de manutenção da frota subiu.
ISTOÉIndependente/montedo.com
Skip to content