Escolha uma Página
Soldado escapa de assassinato
Por pouco, o soldado do Exército Mozer da Arruda Pereira, de 19 anos, não foi assassinado com três tiros de revólver. Ele foi cercado por dois rapazes, um deles conhecido como “Esli Zóio” que sacou um revólver e atirou três vezes contra o jovem. Dois tiros falharam e o terceiro não o atingiu. A tentativa de homicídio ocorreu anteontem, por volta das 21 horas, na Rua 20 do Jardim Umuarama, em Cuiabá. A vítima correu após perceber que o suspeito iria atirar.
Policiais militares que atenderam a ocorrência fizeram buscas nas proximidades, mas não localizaram o suspeito, que estava em companhia de um cúmplice. Os dois teriam fugido numa motocicleta estacionada perto.
Aos policiais, a vítima disse desconhecer os motivos da tentativa de assassinato, mas no entendimento dos PMs, o crime seria um acerto de contas. O suspeito seria um “velho conhecido” dos policiais da região.
A tentativa de homicídio está sendo investigada pela Delegacia Distrital do Carumbé que funciona no prédio da antiga Delegacia do Planalto. O delegado Waldeck Duarte deverá ouvir o soldado do Exército já nos próximos dias. (AR)
DIÁRIO DE CUIABÁ/montedo.com
Skip to content